Publicidade
Esportes
Craque

Amazonense tenta vaga no TUF Brasil

Pela seleção, que contempla três categorias, Pato está inscrito na peso médio (até 84kg) e será submetido a testes   de luta agarrada de chão e manopla . Ao fim do treino da segunda-feira (11), os participantes serão informados se foram aprovados para continuar no processo de seleção 06/11/2013 às 16:45
Show 1
Roberto Pato é oriundo do jiu-jitsu e há três anos vem investindo pesado na carreira de MMA
acritica.com Manaus (AM)

O Amazonas terá um representante na seletiva da terceira temporada do The Ultimate Fighter Brasil (TUF Brasil 3), que acontece na próxima segunda-feira (11), no Windsor Barra, no Rio de Janeiro. Trata-se do faixa preta Robert Pato, que ganhou fama em cima do tatame, mas que há três anos vem investindo pesado na carreira de MMA. O lutador embarca neste sábado (9) para a Cidade Maravilhosa.

“Participar do UFC era um sonho, mas que com esta oportunidade começa a se tornar um pouco mais real. Quando ligaram para mim avisando que eu havia sido aprovado para o teste, fiquei muito feliz. Estou tranquilo e vou dar o meu máximo para conseguir a classificação para o TUF Brasil”, comentou Pato, ao avaliar que seu cartel – de sete vitórias e três derrotas – o ajudaram para participar da seleção.

“Assim que a gente se inscreve eles já começam a avaliar o lutador. Por exemplo, tem que ter entre 18 e 35 anos, histórico de no mínimo três lutas profissionais de MMA (com saldo de mais vitórias que derrotas) e não pode ser ex-atleta do UFC. Logo, eu acho que o meu cartel, que é computado pelo sherdog , que é a identidade do lutador, pesou muito”, comentou.

“Estou bastante preparado e venho fazendo um treino de mais de oito horas por dia, alternando com preparação física, Muay Thai, Jiu-Jítsu, Boxe”, contou Pato, que se passar para o TUF poderá ser treinado por Wanderelei Silva ou Chael Sonnen.


“Se eu pudesse escolher, com certeza escolheria o Wanderelei que é brasileiro. Mas independente disso, será uma honra poder afinar com esses caras. Oportunidade única”, disse o amazonense, que até o final do ano tem duas lutas marcadas: o Rei da Selva, no dia 30 de novembro, e o retorno no Jungle Fight, no dia 21 de dezembro. Ambas pela 77 kg.

“Eu vou com tudo para o Rio. Mas independente do que acontecer, quero fechar o ano com chave de ouro tanto no Rei da Selva, quanto no Jungle, disse.

TUF Brasil

Wanderlei Silva foi o técnico da primeira edição do TUF Brasil, ao lado de Vitor Belfort, enquanto Sonnen foi um dos treinadores da 18ª edição do TUF nos EUA, ao lado de Jon Jones. Esta será a primeira vez que a versão brasileira do reality terá um treinador estrangeiro. 

As gravações do TUF Brasil 3 começam em janeiro de 2014, e três categorias de peso estão entre as prováveis selecionadas: médios, meio-pesados e pesados.

 



Publicidade
Publicidade