Publicidade
Esportes
4° LUGAR NA COMPETIÇÃO

Amazonenses conquistam muitas medalhas no Norte e Nordeste de Natação

Atletas da Aquática Amazonas conquistaram 26 medalhas na disputa, realizada em Belém, nos dias 11 e 12 de maio; equipe amazonense terminou em 4° lugar no quadro geral 16/05/2017 às 16:41
Show  asl5553
Atleta foi um dos grandes destaques da competição, ao ganhar oito medalhas, sendo cinco de ouro nas provas individuais. (Foto: Antônio Lima)
Jéssica Santos Manaus (AM)

O pequeno Pedro Afonso, 11, foi um dos grandes destaques do Torneio Norte e Nordeste Mirim e Petiz de Natação, realizado no último fim-de-semana, 11 e 12, em Belém-PA, que contou com a participação de cerca de 300 nadadores no total. A Aquática Amazonas conquistou o 4º lugar geral no torneio, sendo 3º lugar na categoria Mirim I, e 2º lugar no Petiz II.

Pedro conquistou oito medalhas no total, sendo cinco medalhas individuais de ouro, duas de prata e uma de bronze nos revezamentos. E o segredo para tantas medalhas douradas pode estar não nas braçadas, mas na cabeça de Pedro, que fez questão de levar as toucas dos seus amigos emprestadas para nadar as provas da competição. “Dos meus colegas, tem o Felipe, que nada o borboleta, o Matheus, que nada os 400m livre, o Caio que nada medley e tem o Chaves, que nada peito, então eu peguei as toucas deles emprestadas, nadei cada prova com uma touca diferente, de acordo com as especialidades deles, e deu certo, ganhei as provas”, conta Pedro.

“Baixei meu tempo nos 200m medley, fiz 2’28”, mas achei que iria me sair ainda melhor nos 400m livre, que é minha prova predileta, e fiz 4’45”. Mas fiquei feliz, já conhecia meus adversários, e não estava nervoso antes da competição. Me saí bem até nas provas de velocidade, fiz 27 segundos nos 50 livre, do revezamento”, disse Pedro, que pode ser considerado um pequeno Michael Phelps, por se destacar em todos os tipos de provas. Pedro é Petiz II e, apesar de bem novinho, acumula ótimas experiências na natação. “Essa foi a terceira vez que eu fui para um Norte-Nordeste, sendo que sempre volto com o ouro nos 200 livre. A viagem foi bem legal, com vários amigos, e eu estava achando que iria viajar sozinho”, conta ele.

“Nós tínhamos essa competição como principal a meta do semestre, nos preparamos bem, e conseguimos um ótimo resultado, ficando atrás somente de clubes bem fortes, como o Remo do Pará, AABB, de Pernambuco e BNB, do Ceará”, explica o técnico.


Turma da Aquática conquistou 26 medalhas no Norte e Nordeste. (Foto: Antônio Lima)

Francisco destaca que toda a equipe conseguiu melhorar seus resultados no Norte-Nordeste. “No Mirim I, o João Victor Afonso medalhou em todas as provas das quais participou, conquistando quatro medalhas de prata e uma de bronze, seguindo os passos do irmão, Pedro Afonso, Petiz II, que venceu todas as suas provas com tempos excelentes. Também tivemos a Yasmin Oliveira que também conseguiu medalhas em todas as provas, totalizando quatro medalhas de prata e uma de ouro, e tivemos a Fernanda Sasai, que foi bronze, e a Eduarda Flores e a Júlia Sakamoto foram prata no revezamento. Mesmo quem não conseguiu sua medalha, melhorou suas marcas”, destaca Francisco.

Publicidade
Publicidade