Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
Amazonas na competição

Amazonenses integram seleção brasileira no Pan-americano de Wrestling

Os lutadores Bryan Pereira e Sabrina Gama levarão a bandeira do estado para a competição internacional, que acontecerá entre os dias 27 e 30 de maio



1620857657429873_3A02C6E9-F8AD-463E-8332-6918FF6B18C4.JPG Os atletas amazonenses no topo do pódio / Foto: Divulgação
12/05/2021 às 17:55

Os amazonenses Bryan Pereira (20) e Sabrina Gama (22) irão representar o estado no Pan-americano de luta olímpica, que acontecerá entre os dias 27 e 30 de maio, na Cidade de Guatemala, capital que leva o nome do próprio país, a Guatemala. A dupla conquistou a vaga na seleção brasileira após receberem a medalha de ouro por suas performances no Campeonato Brasileiro Sênior, que aconteceu em março, no Rio de Janeiro.

Com bagagem no wrestling desde os oito anos de idade, Bryan vem construindo uma carreira vitoriosa na modalidade. Com quatro conquistas no brasileiro, outras três no brasileiro escolar, além de ser medalhista de prata no campeonato sul-americano de 2017, o atleta olímpico ainda esbanja a marca de ser o primeiro brasileiro a conquistar a medalha de ouro nos jogos sul-americanos da juventude, também em 2017, na categoria estilo livre até 54kg.



“Minhas expectativas são grandes para essa competição. Acredito que estou na minha melhor fase, sou um atleta com uma bagagem grande, isso pesa muito na minha experiência. Hoje sou mais habilidoso, já conheço meus adversários e estilo de luta, acredito que posso tirar uma vantagem com isso e seguir uma estratégia para a competição. O campo de treino que estou fazendo no México com a seleção Brasileira também é de muita importância”, frisou o atleta.

Esta será a quarta vez consecutiva que Bryan estará representando o país em um Pan-americano. O atleta esteve próximo de conquistar uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, quando ‘bateu na trave’ ao chegar nas semifinais da seletiva em Ottawa, no Canadá. Com este lastro de competitividade, o lutador falou ao A Crítica sobre a responsabilidade de representar o estado do Amazonas e toda uma categoria que literalmente vai à luta para conseguir ‘agarrar’ o seu espaço.

“É sempre um prazer enorme representar meu estado, a responsabilidade que eu sinto em minhas coisas não se limita só ao Amazonas ou o Brasil, mas sim por todos aqueles que acreditam no esporte e investem nele de alguma forma. Pois hoje chegamos ao topo com o mínimo de recursos possíveis e, então, eu penso que com os meus resultados e com os dos demais atletas, talvez sejamos mais reconhecidos”, concluiu Bryan.

Dedicação de família

Influenciada pelo seu irmão mais novo, Wellington Gama, Sabrina começou a treinar wrestling em 2015. No mesmo ano, a atleta alcançou o terceiro lugar nos jogos escolares da juventude e caiu nas graças da modalidade. Foi vice-campeã Brasileira Júnior em 2018, campeã em 2019 e, recentemente, conquistou o ouro no Campeonato Brasileiro Sênior de 2021.

“É um privilégio estar na seleção principal do wrestling representando o Brasil, juntamente com a bandeira do Amazonas. É um peso muito grande e muita responsabilidade, requer muita dedicação para que a gente possa trazer um resultado significativo. É uma alegria representar o Brasil, que não é feito só de futebol, mas também de lutadores”, disse a atleta integrante da seleção brasileira.

Sabrina também contou para a reportagem que a sua rotina de treinamentos mudou com a chegada da pandemia. Porém, com o afrouxamento das medidas de restrições, a atleta conseguiu voltar a frequentar o CT Dream Art Manaus, onde faz toda a sua preparação. Contando com o apoio da academia Planeta Corpo, Sabrina falou do processo que a fez conquistar a medalha de ouro no Rio de Janeiro.

“O esporte também abriu as portas para que eu entrasse no ensino superior. Com tantos obstáculos em meio ao que estamos passando, dediquei todo o meu tempo ao estudo e aos meus treinos. O resultado: me tornei campeã brasileira sênior 2021, na categoria 53kg livre. Depois fui convocada pela seleção brasileira de wrestling para fazer um camp no México, no qual aumenta ainda mais as minhas expectativas de trazer a medalha de ouro pro Brasil e para Manaus”, concluiu.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.