Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
CAMPEONATO

Amazonenses, Sandra Ramos e Andréia Cerdeira disputam o 'Brasileiro de Boxe'

Nascidas longe de Manaus e com trajetórias diferentes, as duas atletas veem a competição como chance de ouro



zCR0617-304_p01.jpg Nascidas longe de Manaus, Sandra Ramos e Andréia Cerdeira mostram a força do estado no esporte (Fotos: Antônio Lima)
16/09/2017 às 20:40

Aquecimento feito, luvas prontas e jabs afiados para acertar os adversários. Nesta segunda-feira (18), duas lutadoras amazonenses entram nos ringues em Cuiabá (MT) para disputar o Campeonato Brasileiro de Elite de Boxe, principal competição nacional da modalidade. Sandra Ramos, de Santo Antônio do Içá e  Andréia Cerdeira, de Coari, mostram a força do interior  para o Brasil e o mundo. 

Sandra Ramos conhece bem a disputa. Atual bicampeã, a atleta luta por mais um cinturão e algo ainda mais valioso: uma vaga na seleção brasileira. “A expectativa está grande, muito grande. Sei que vai ser muito difícil, mas estou preparada para trazer este ouro. Esse anos eles mudaram o critério, se eu for campeã vou ser chamada para a seleção automaticamente”, explicou a boxeadora. Em busca do sonho, Sandra conta com o apoio da terra natal, mesmo saindo do município ainda criança. “Toda vez que estou lutando, a sensação é de estar representando eles sempre. Eles estão sempre mandando mensagem para mim, dando apoio, toda vez que vou lutar eles estão na torcida. Eu sou eles, sempre”, garantiu  a içaense, que pode até chegar às Olimpíadas caso alcance a Seleção Brasileira. 

Enquanto Sandra entra na competição como uma das favoritas, sua companheira de treino vai fazer a primeira disputa no campeonato. Com uma ascenção meteórica, a lutadora fez apenas três lutas de boxe na carreira e venceu todas, se classificando para a competição nacional. “Eu comecei  lutar o boxe devido ao MMA, porque eu luto MMA e queria aprimorar minha trocação em cima, mas eu vim me destacando nas competições com um ano e pouco de boxe, eu vi que tinha talento e o professor apostou em mim”, explicou Andréia Cerdeira.  Após conquistar títulos nas artes marciais mistas, a coariense busca levantar o cinturão do boxe, com  um olho no peixe e outro no gato, ou melhor, um olho no ringue e outro no octógono. “Eu vou focar no boxe sim, mas vou me aprimorar focada no MMA e vou ficar nos dois, eu consigo conciliar porque até me ajuda nas competições”, garantiu a lutadora. 

O Campeonato Brasileiro acontece em formato de mata-mata e acontece durante uma semana. Sandra busca o cinturão na categoria peso mosca, de  até 51 kg enquanto Andreia tenta a conquista na categoria peso pena, até 57 kg. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.