Terça-feira, 14 de Julho de 2020
SOLIDARIEDADE

Amigos promovem vaquinha para ajudar jogador que perdeu esposa para a Covid-19

Arícia Campelo estava grávida de sete meses e, sete dias antes de vir a óbito, deu à luz uma menina que está na UTI. Claudinei é ex-jogador do Manaus FC



jogador_vaquinha_F5DB6156-6012-400E-9E5C-0E33EF71F5F1.JPG Foto: Divulgação
25/06/2020 às 20:50

Nesta quinta-feira (25), uma vaquinha virtual foi promovida para ajudar Claudinei, ex-jogador do Manaus FC, que perdeu a esposa Arícia Campelo para a Covid-19 na última sexta-feira (19). Sete dias antes de falecer, Arícia havia dado à luz uma menina após sete meses de gestação. A ação de apoio foi uma iniciativa do atual goleiro do Gavião do Norte, Jonathan, e a esposa Deborah Queiroz, que contaram com ajuda de amigos. 

Arícia Campelo tinha 28 anos de idade e estava entrando no sétimo mês de gestação quando começou a desenvolver sintomas da Covid-19. Ela deu à luz, chegou a ter indícios de melhora, mas veio a óbito na madrugada de sexta-feira sem nunca ter conhecido a filha. A bebê, ainda que prematura, passa bem e está em uma incubadora, mas sem as partidas de futebol, o pai, que é atleta, não pode custear as despesas.



“Vimos a situação que ele está passando. Perdeu a esposa e a filha está na UTI. Nos solidarizamos, pois nossa filha também já ficou na UTI quando ela nasceu. Sabemos que é imediata a ajuda que ele precisa. Claudinei necessita ir todos os dias ao hospital, para fazer o ‘canguru’ - método modelo de assistência ao recém-nascido prematuro -, e também receber o boletim médico, comprar fraldas. Tudo isso tem um gasto”, disse Deborah.

A Vankinha estará disponível até o dia 25 de julho, no seguinte endereço: vakinha.com.br/vaquinha/doando-amor-a-claudinei-e-sua-familia. Para mais informações, os números são (92) 99159-2617 e (92) 98457-3690.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.