Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
‘Gaymada’ amazonense

Amigos publicitários organizam torneio de queimada em festa de música eletrônica

A festa acontecerá no próximo dia 18, no SPA Manaus. Os ingressos custam R$ 20.



06/06/2016 às 16:51

Você já ouviu falar da “Gaymada”? Um evento que acontece em vários estados do Brasil e que defende a bandeira da diversidade através do esporte? Se trata de um encontro do público LGBT que se reúne para jogar queimada e também para mostrar que o preconceito não está com nada.

Então, a “Gaymada” desembarcará em Manaus no próximo dia 18, mas de um jeito diferente. Um grupo de amigos publicitários, acostumado a fazer festas para o público LGBT na capital amazonense, teve a ideia de aproveitar o ano olímpico para fazer uma festa com muita música eletrônica e esporte. A modalidade escolhida foi a queimada, que é muito popular por aqui também.

Diferente dos outros estados, em Manaus, o evento recebeu o nome de “Queimadão da Colokada”. “Nós sempre fazemos festas temáticas. E estávamos sem ideias para o tema da festa do mês de junho. A gente pensou em algo que tivesse alguma relação com os Jogos Olímpicos, mas nem toda mana joga futebol e por isso acabamos escolhendo a queimada, que é um esporte que todo gay já jogou”, comentou Robson Moura, um dos organizadores do evento, que contou também como eles descobriam a “Gaymada”.

“Fomos pesquisar sobre a queimada e descobrimos a “Gaymada”, que rola em Brasília e em Belo Horizonte e pensamos em agregar toda essa diversidade à nossa festa”, completou Moura.

Na disputa do “Queimadão da Colokada”, dez times, cada um representando uma festa da cidade, irá brigar pelo troféu e também por um prêmio surpresa que os organizadores estão preparando. Cada equipe deverá ter seis integrantes.

Oito times já se inscrevam para o torneio, que vai rolar ao som de muita música, mas ainda há vaga para duas equipes. E tem gente que já está se preparando há algum tempo para essa disputa.

“Eu e minha equipe, “Girl Power”, estamos treinando há semanas pra essa disputa e nós vamos entrar pra ganhar mesmo”, disse Julio Cesar Paes Barreto, que praticava queimada na escola e estava sem jogar há dois anos, mas por conta do “Queimadão” resolveu voltar aos treinos.

Todo mundo convidadoVale lembrar que o “Queimadão da Colokada” tem como objetivo, além da diversão, mostrar que é possível combater o preconceito através do esporte e por isso é aberta não só ao público LGBT, mas a qualquer pessoa que queira acompanhar uma super partida de queimada e também curtir muita música.

“É uma festa pra todo mundo, o nosso publico maior acaba sendo o LGBT porque eles se identificam com a festa. Mas estamos abertos para receber todo mundo, hétero, simpatizante. O importante é jogar com os amigos e celebrar a diversidade”, comentou Robson Moura.

Ainda de acordo com a organização, a festa vai reunir ritmos pouco conhecidos na noite manauara e por isso vai apostar no Trap, Funk, Batecooh e Brasilidades. Além claro do Pops, trap, hip-hop, eletro e pancadões dos bailes Funks, o som vai ficar por conta dos Djs Gustavo Sill e Robson Moura do Team CLKDA residentes da festa, Caio Silva e Haisan Hossary com o duo Ordinari@s novidade nas festas manauara, a Dj queridíssima Luana Aleixo, residente das festas.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.