Publicidade
Esportes
Craque

Anderson Silva por pouco não faz da rua um octógono de UFC

Campeão dos médios quase luta nas ruas de Curitiba contra José Pelé Landy. O confronto só não aconteceu por causa de terceiros  11/04/2013 às 11:11
Show 1
Campeão do UFC falou mal de Pelé no livro que lançou em 2012
acritica.com ---

Anderson Silva está escalado para enfrentar Chris Weidman no UFC 162, dia 6 de julho, mas por pouco o lutador brasileiro não se envolve uma luta antes de sua defesa de cinturão no Ultimate. De acordo com uma notícia do Portal do Vale-Tudo, o Spider teria discutido com o ex-companheiro de equipe, José Pelé Landy, nas ruas de Curitiba e os dois só não chegaram as vias de fato porque um amigo e diversos seguranças teriam impedido o conflito.

De acordo com o site, Anderson corria na companhia de um amigo quando Pelé, que passava de carro pelo local, viu o desafeto e resolveu retornar para tirar satisfações sobre os relatos dados sobre ele no livro que conta a vida do Spider. Em sua autobiografia, escrita pelo jornalista Eduardo Ohata, Anderson Silva conta alguns episódios polêmicos envolvendo José Landi e o fundador da Chute Boxe, o treinador Rudimar Fedrigo. Os relatos do “Spider” irritaram Pelé, o que teria motivado o desentendimento entre eles em Curitiba.

“Eu o vi correndo na canaleta do expresso, dei a volta e o intimei para lutarmos. Ele disse que lutaria, mas logo apareceu um carro cheio de seguranças dizendo que não haveria luta nenhuma. O Anderson começou a gritar me chamando de maloqueiro. Eu também o xinguei bastante e disse que ele era campeão lá fora e que em Curitiba ele não era nada. Ele sempre me desafiou, eu aceitei e o venci duas vezes, agora sou eu que o estou desafiando. Desejo pra ele vida longa com o cinturão do UFC que dá tanto orgulho a todos os curitibanos, mas acho que devemos isso a Curitiba: Anderson x Pelé parte 3: quem sabe num UFC em Curitiba”, disparou Pelé.

Confusão

O cubano radicado no Brasil Pelé Landi admitiu que quase brigou nas ruas de Curitiba com Anderson Silva na última terça-feira, mas afirmou que esse tipo de situação não é benéfica para nenhum dos lados. Por isso, apela para que o desafeto aceita uma luta no UFC.

Pelé já declarou por diversas vezes insatisfação com o antigo companheiro de equipe por este ter declarado em sua biografia uma história em que o cubano o molha, junto com sua filha, por passar em uma poça d’água de carro.

Landy também ficou insatisfeito pelo fato de o atual campeão dos médios do UFC ter falado que as duas derrotas para o cubano nas regras do Muay thai terem sido injustas. “Nos dávamos muito bem antes disso. Eu fiquei sem entender nada do porque de ele escrever tudo isso. Mas (a confusão) aconteceu devido às inúmeras mentiras que ele escreveu. Eu precisava perguntar pra ele isso. Acabei questionando ele, que deu de ombros pra mim e me xingou. Acabamos nos xingando e ficamos em base pra lutar, até chegar a escolta dele”.

Publicidade
Publicidade