Domingo, 26 de Maio de 2019
DISPENSA

Após anunciar reforços, Nacional começa a dispensar atletas mirando Série D

Com elenco “inchado”, a diretoria do Leão da Vila Municipal começou a “enxugar” plantel e os primeiro a integrar a “barca” são o volante Adonias e o lateral-esquerdo Rodrigo Ítalo



ap.JPG
Adonias deixa o Naça após seis oportunidades com acamisa do clube (Foto: Denir Simplício)
11/04/2018 às 14:25

É hora de dar tchau no Naça. Após anunciar seis reforços para a disputa do Brasileirão da Série D, a diretoria do Nacional confirmou, nesta terça-feira (10),  as primeiras dispensas na Vila Municipal. A famosa “barca” foi liderada pelo lateral-esquerdo Rodrigo Ítalo e pelo volante Adonias, que foram desligados do elenco nacionalino duas semanas após a chegada do técnico Lecheva. 

Visivelmente abatido, Adonias avaliou sua passagem pelo Nacional como razoável e apontou as mudanças no comando técnico como prejudiciais ao elenco e ao clube. “Avalio minha participação no Nacional como razoável. De sete ou oito partidas, eu joguei seis e dei meu melhor. Só que, com muitas mudanças, a gente fica impossibilitado, né?”, disse o volante completando. “Quando a gente estava tendo uma forma de jogar e chega outro treinador. Isso não é bom pros jogadores e impossibilitou de a gente chegar nas finais do campeonato”, opinou.

Em sua quarta passagem pelo futebol amazonense foi a primeira vez que Adonias vestiu a camisa do Nacional. O volante desembarcou na Vila Municipal no fim de janeiro, quando o treinador era Sinomar Naves. Depois o jogador ainda foi dirigido por Arthur Bernardes e, por fim, não teve chances com Lecheva.


Outro atleta a deixar o Naça é o lateral Rodrigo Ítalo (Foto: Denir Simplício) 

“Em menos de três meses foram três treinadores. Isso, com certeza, faz com que o time não encaixe, não tem continuidade. Cada treinador que vem tem um modo de trabalhar, com jogadores diferentes e quando você está se adaptando a uma forma de jogar, a um esquema tático, vêm as mudanças.  Com isso, com certeza quem perde não são só os jogadores, mas como o clube também”, enfatizou.

Atualmente, o plantel do Leão está “inchado”. Com as chegadas de  Lucas Santos (Lateral), Pelezinho (volante), Raylson Damasceno (atacante), Sousa (lateral-esquerdo) e Denis Pedra (Volante), além da volta do meia-atacante Charles, que retorna de empréstimo junto a Caldense-MG,  o elenco do Naça conta com 33 jogadores - já com as dispensas da dupla Rodrigo Ítalo e Adonias. 

Questionado com quantos atletas pretende trabalhar no clube para a Série D, o treinador Lecheva foi enfático. “Devo contar de 28 a 30 jogadores”, disse o técnico do Nacional apontando que deve completar a barca do Leão até o fim de semana. “Os atletas que não terão seus contratos renovados, a diretoria se pronunciará até sexta-feira”, pontuou o treinador do Leão. 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.