Publicidade
Esportes
Craque

Após derrota pro Naça, ‘Tufão de lesionados’ abala São Raimundo pro jogo contra o Penarol

Tufão perdeu quatro jogadores lesionados na derrota frente ao Nacional neste domingo (3). Mundico terá de se reinventar para o confronto direto por uma das vagas na semifinal do Barezão contra o Leão da Velha Serpa na quarta-feira (6) 04/05/2015 às 12:51
Show 1
O "maestro" Neto deixou o campo com uma contusão na coxa e não deve enfrentar o Penarol, no Florão.
Denir Simplício Manaus (AM)

Não foi só a derrota frente ao Nacional na noite deste domingo (3) que “devastou” o time do São Raimundo. Além de tomar três gols e ver a vaga no G-4 do Barezão mais distante, o time colinense ainda perdeu quatro atletas por contusão durante a partida. Situação da equipe para o duelo com o Penarol na próxima quarta-feira (6) é preocupante e o técnico Eduardo Clara terá de mexer em meio time para o jogo decisivo no Floro de Mendonça.

Salários atrasados, sem local para treinos, falta de estrutura, descaso da diretoria e um departamento médico repleto de jogadores contundidos. Essa é a situação do São Raimundo que mesmo com tantos problemas continua na luta por um lugar na próxima fase do Campeonato Amazonense. Na derrota frente ao Naça, o time colinense teve de atuar boa parte do segundo tempo com um jogador a menos por conta das lesões.

O primeiro a deixar o jogo por causa de uma contusão foi Adonias. O volante, que havia deslocado o ombro na partida contra o Princesa em jogo válido pela 11ª rodada, voltou a sentir o mesmo problema e deixou o gramado da Colina ainda no primeiro tempo. O zagueiro Alex Amaro foi outro, que além de receber o terceiro cartão amarelo, ficou fora de combate por causa de uma contusão no joelho.


Sem poder contar com o artilheiro Ramon, com lesão na coxa, o Mundico ainda perdeu seu melhor jogador: o “maestro” Neto também sentiu a coxa e saiu de campo. No lugar de Neto entrou Maikinho, mas o meia pouco pode fazer para ajudar o São Raimundo, pois sentiu uma entorse no joelho esquerdo e deixou o Tufão com um a menos contra o Nacional. Como já havia feito as três substituições, o time do técnico Eduardo Clara teve de atuar o resto do jogo com dez atletas em campo.

Clara a espera do DM

Para o jogo contra o Penarol, às 16h, da próxima quarta-feira, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus), Eduardo Clara terá de aguardar pela resposta do Departamento Médico do São Raimundo. “Temos a reapresentação mais tarde e vamos ver com quem podemos contar. Só depois disso é que vou avaliar o time que viaja para Itacoatiara”, explicou Clara.

O técnico do Tufão não confirmou, mas deve perder Neto, Maikinho e  Adonias para o duelo decisivo com o Leão da Velha Serpa. Certo mesmo é a ausência de Alex Amaro, o zagueiro tomou o terceiro amarelo e desfalca a equipe. Ramon só deve retornar no próximo sábado (9) contra o Fast Clube, pela 15ª rodada do Barezão.

Dura recuperação no Tufão

O meia Maikinho, que deixou o campo com fortes dores no joelho, não poupou críticas a falta de estrutura do clube. “Não temos uma estrutura adequada para a nossa recuperação. O Ramon já era pra ter voltado, mas como não tem como tratar de forma correta a demora em voltar é maior”, disse Maikinho confirmando que fará um exame detalhado nesta terça-feira (5) em uma clínica da cidade assistido por um médico do Nacional Futebol Clube.


“Meu joelho está doendo muito. Vou fazer o exame amanhã (terça) e se for uma coisa mais séria eu vou embora pra casa. Vou cuidar de mim. Não vou esperar por eles (diretoria)”, reclamou o jogador, que mora em São Paulo e chegou a chorar no banco de reservas na partida deste domingo.


Publicidade
Publicidade