Publicidade
Esportes
Craque

Após sufoco da prorrogação, time do papa Francisco tentará o ‘milagre’ diante do Real Madrid

O San Lorenzo precisará mais do que bom futebol para se sagrar campeão mundial de clubes no sábado (20). O clube argentino terá de vencer a constelação de estrelas da equipe espanhola que ainda conta com Cristiano Ronaldo   18/12/2014 às 09:53
Show 1
San Lorenzo venceu o Auckland City na prorrogação e tentará o título contra o todo poderoso Real Madrid.
Brian Homewood/Reuters Marrakesh (Marrocos)

O campeão da Libertadores San Lorenzo precisou da prorrogação para derrotar o time da Nova Zelândia Auckland City por 2 a 1, nesta quarta-feira (17), e avançou para a final do Mundial de Clubes.

O sonho improvável do Auckland de enfrentar o campeão europeu Real Madrid na decisão de sábado (20) em Marrakech terminou quando o reserva Mauro Matos acertou um chute de dentro da área aos 4 minutos do tempo extra.

A equipe do Auckland surpreendeu o San Lorenzo ao empatar com um gol de Angel Berlanga aos 22 minutos do segundo tempo, depois que Pablo Barrientos abriu o placar para os argentinos nos acréscimos do primeiro tempo.

O San Lorenzo tentará se tornar o primeiro time argentino a vencer o torneio desde que começou o formato atual, em 2005, apesar de ter uma tarefa muito difícil diante do Real Madrid.


Publicidade
Publicidade