Publicidade
Esportes
Craque

‘Aqui não basta ser craque’: Wallace desabafa após sequência de derrotas do Flamengo

O zagueiro fez uma auto-crítica sobre o momento da equipe no Brasileirão e disparou: "estou p... pra c...!". Rubro-Negro acumula seis derrotas em sete partidas e praticamnete deu adeus a qualquer chance de ir a Libertadores de 2016   27/10/2015 às 14:58
Show 1
Wallace disparou contra má fase do Flamengo.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Restando seis rodadas para o término do Brasileirão, o clima no Flamengo é tenso. O Rubro-Negro, que chegou a estar no G-4 da competição, hoje ocupa a modesta 10ª posição na tabela e só uma campanha de campeão pode levar o time da Gávea a tão sonhada Libertadores do ano que vêm. Todo o incômodo com a má fase da equipe foi exposta pelo zagueiro Wallace na manhã desta terça-feira (27), no Ninho do Urubu.

O defensor taxou a situação do Rubro-Negro no campeonato como lamentável e, pedindo desculpas pelo linguajar, “soltou o verbo” na coletiva de impresso após o treinamento da equipe nesta terça.

“Não está tudo bem. Os resultados falam por si. Me desculpem o termo, mas estou p... para c.... Estou sendo realista. Não posso falar de G-4 agora, temos que ver jogo a jogo e depois ver o que a tabela nos oferece. Lamentável o nosso time estar nessa situação”, desabafou o capitão do Flamengo, que, parecendo ter “jogado a toalha”, já visualiza 2016.

“Espero que o Flamengo possa seguir se reestruturando, que a gente possa ter uma equipe muito mais forte em 2016. O Flamengo é diferente de todas as equipes. Sei a diferença de contratar craque para o Flamengo e para o Corinthians. Aqui não basta o cara ser craque. Não basta jogar. Tem que ter uma personalidade forte também. Comportamento que estamos tendo não é compatível com o Flamengo. Todos precisam saber disso. Se não souberem, não podem estar aqui”, comentou o jogador.

Depois da derrota para o Corinthians fora de casa, no último final de semana, o Flamengo tem outro difícil compromisso no próximo domingo (1º). O adversário da vez é o Tricolor gaúcho, na Arena do Grêmio.  


Publicidade
Publicidade