Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
Solidariedade

Atacante islandês Gudjohnsen se oferece para jogar pela Chapecoense

Somente três jogadores do time da Chapecoense que seguiam para a final da Copa Sul-Americana na Colômbia contra o Atlético Nacional sobreviveram ao desastre aéreo



l.JPG Eidur Gudjohnsen durante treino na França (Foto: REUTERS/Denis Balibouse)
05/12/2016 às 11:56

O ex-atacante do Barcelona e do Chelsea Eidur Gudjohnsen se ofereceu para jogar pela Chapecoense após o acidente aéreo na semana passada que deixou 71 mortos, incluindo a maior parte dos jogadores da equipe catarinense, além do técnico e da comissão técnica.

O islandês, de 38 anos, está sem contrato depois de ter sido liberado pelo norueguês Molde em agosto.

"Por respeito eu jogo pela @ChapecoenseReal caso tenham lugar para mim! Não é só para jogar com @10Ronaldinho de novo", disse Gudjohnsen em publicação no Twitter.

Ronaldinho Gaúcho, ex-companheiro de clube de Gudjohnsen no Barcelona, também disse querer ajudar a Chapecoense, segundo reportagem do GloboEsporte.com na semana passada.

Somente três jogadores do time da Chapecoense que seguiam para a final da Copa Sul-Americana na Colômbia contra o Atlético Nacional sobreviveram ao desastre aéreo.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.