Publicidade
Esportes
Craque

Atleta do Amazonas vai defender a seleção brasileira no Campeonato Mundial de Aquatlo

Luisa Marillac, de 15 anos, vai competir pela primeira vez pela seleção. A disputa acontecerá em Chicago, nos Estados Unidos, até sábado (19) 15/09/2015 às 16:08
Show 1
Nadadora amazonense Luisa de Marillac
acritica.com Manaus

A atleta amazonense Luisa Marillac, de 15 anos, vai competir pela primeira vez pela seleção brasileira de triatlo, no Campeonato Mundial Aquatlo, em Chicago, nos Estados Unidos. A competição inicia nesta quarta-feira (16) e vai até sábado (19).

Apesar da idade, Luisa tem um currículo no esporte invejável. Ela é dona dos títulos de campeã de natação da Copa Pacífico, Troféu Leônidas Marques e finalista do Campeonato Brasileiro. Luisa começou cedo no esporte. Ela pratica natação desde os três anos de idade. Com nove anos começou a participar de competições.

No mundial Aquatlo, a atleta vai concorrer na categoria de 16 a 19 anos. A prova é de 800 metros de natação e 5 km de corrida. A convocação para essa competição é fruto dos resultados do Campeonato Brasileiro de Aquatlo em 2013 e 2014, nos quais conquistou o terceiro lugar.

A atleta conta que, atualmente, divide seu tempo em estudar enfermagem na Faculdade Estácio Amazonas e treinar. “Faço musculação de segunda a quarta-feira, estudo de manhã e treino 4 horas todas as noites. Tudo para chegar bem no mundial”, disse.

A rotina, segundo a atleta, é bastante intensa, mas com o apoio da família e dos treinadores, ela espera conquistar todos os objetivos. “Estou no primeiro período da faculdade e tenho muitas atividades, mas tenho conseguido cumprir todos os compromissos”, acrescentou.

Luisa ressalta que a meta para os próximos anos é continuar estudando e se preparando para conseguir uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. “Para os jogos de 2016, ainda não tenho condições de ir, mas para o próximo é possível. É a minha meta”, enfatizou. 

De acordo com Luisa, a expectativa é que o mundial de Aquatlo traga ótimos resultados e experiências. “Vou ter a oportunidade de disputar com atletas do mundo inteiro e espero conquistar um bom resultado e dar muito orgulho para o Brasil”, ressaltou.


Com informações da assessoria.

Publicidade
Publicidade