Segunda-feira, 06 de Julho de 2020
Luta invisível

Atleta do AM Top 10 mundial de jiu-jítsu relata o combate ao coronavírus nos EUA

'Tudo está fechado aqui', disse o atleta Thiago Macedo que está na cidade de San Antonio, no Texas



atleta_1A2F262A-7CA9-4E31-9146-4412D15BA1CE.JPG Foto: Acervo Pessoal
04/05/2020 às 17:25

Pelo Brasil e mundo afora, diversos atletas barés vivem ‘lutando’ por um sonho. Devido ao alto nível de exportação do jiu-jítsu amazonense, vários guerreiros do Estado agora travam uma batalha diferente longe de sua terra natal: a crise mundial do novo Coronavírus (COVID-19).

Este é o caso de Thiago Macedo - 9º colocado no ranking Federação Internacional de Jiu-Jitsu (IBJJF) -, que atualmente mora em San Antonio - no Texas, estado que já possui mais de 27 mil casos de contágio da doença. A Crítica entrou em contato com o atleta que comentou a experiência de estar em um dos centros da pandemia. 



“Tudo está fechado aqui. Apenas supermercados funcionando, as pessoas precisam respeitar a distância de aproximadamente dois metros umas das outras e, claro, usando máscaras. Estamos assim há um mês e meio”, destacou o faixa preta da academia do Mestre Rodrigo Pinheiro - RPBJJ.

Novo adversário

O lutador que acumula diversas medalhas internacionais, desembarcou nos Estados Unidos há quatro anos, para treinar na RPBJJ visando sua preparação para o campeonato mundial modalidade. Ele revela que nunca esperou passar por uma situação tão complicada. 

“Para quem trabalha com esporte é algo que restringe muito, em março tudo começou a parar e todas as atenções se voltaram a combater o vírus. É um cenário muito complicado, inesperado, as pessoas ficaram com raiva por parte das medidas”, disse sobre como o governo e a população do  ‘estado da estrela solitária’ (apelido do Texas) estão lidando com a quarentena. 

Luta via rede

Figurando na elite dos tatames mundiais, o lutador não poderia ficar ‘parado’ por tanto tempo, nem deixar seus colegas de treino e alunos na mão. Para não quebrar as instruções do governo e da Organização Mundial da Sáude (OMS), Thiago passou a realizar treinos online. 

“Não podemos nos dar ao luxo de não treinar e deixar outros sem treino também, existe o valor do aluguel da academia que é bem alto, não podemos perder nossos alunos. Por enquanto está funcionando, claro, tivemos algumas baixas, mas está dando para suprir as necessidades financeiras”, comentou. 

News whatsapp image 2019 06 21 at 16.12.51 7cbfadd4 8d2b 47cf a09e 336b83276e71
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.