Domingo, 26 de Maio de 2019
TÓQUIO 2020

Judocas amazonenses não conseguem vaga na seletiva para os Jogos Olímpicos de 2020

Nenhuma das três atletas do Amazonas que disputaram a seletiva conseguiu se classificar para compor a seleção brasileira de judô



zCR041705_p01.jpg
Maria Taba ficou em quarto lugar na sua categoria e segue para o Meeting de Categorias de Base (Foto: Arquivo AC)
17/01/2017 às 05:00

O Amazonas terminou a Seletiva Tóquio 2020 sem conquistar vagas para a seleção brasileira de judô. No último sábado (14), 27 judocas foram selecionados para compor a seleção brasileira de judô no ano de 2017.

Carolynne Hernandez, na categoria até 48 kg ficou perto da vaga, mas foi derrotada por punição. “Não consegui o resultado que almejava”, disse.

Maria Taba, na categoria até 52 kg, também ficou de fora. Ela terminou o dia na quarta colocação em uma categoria onde só o campeão consegui a vaga. Apesar de não ser o resultado esperado, ela conta que serve como experiência.

“Não foi o resultado que eu queria, mas acredito que fui muito bem. Essa foi minha primeira seletiva olímpica e que eu também era uma das mais jovens”, disse a judoca de 17 anos.

Rafaela Barbosa foi desclassificada após duas lutas. “Eu não sei porque fui desclassificada”, disse.

Vida que segue

Maria Taba na próxima quinta viaja novamente a São Paulo para o Meeting das categorias de base que acontece entre os dias 19 e 21 de janeiro em Pindamonhangaba.

Já Carolynne foca para chegar bem nas competições de 2017. “Agora começa toda a batalha de novo de conseguir pontos para disputar a seletiva no fim deste ano novamente. Então é como se voltasse pra estaca zero novamente”, comentou.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.