Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019
ATLETISMO

Atletas conquistam índices para o Troféu Brasil, no Torneio Geraldo Teixeira, em Manaus.

Competição reuniu cerca de 100 atletas, sendo que três agora estão credenciados a participar do Troféu Brasil de atletismo, que acontecerá entre os dias 9 a 11 de junho, em São Bernardo do Campo, SP.



_MCN7085.JPG Atletas se superaram para melhorar suas marcas, e a manhã de provas na Vila Olímpica de Manaus foi repleta de emoção. (Foto: Antônio Lima/A crítica)
22/04/2017 às 16:12

Neste sábado, 22, aconteceu Torneio Geraldo Teixeira de Atletismo. Cerca de 100 competidores deram seu máximo nas provas de pista e de campo do Complexo de Atletismo da Vila Olímpica, no Dom Pedro, em busca de índices para competir o Troféu Brasil de atletismo. Dentre os vários destaques, três atletas: Juarez Rosa, Franciane Mendes e Alissandra Araújo obtiveram a sonhada marca que os credencia para a competição.

A primeira prova do dia foi os 5.000 metros. Os vencedores foram Juarez Rosa, no masculino, e Franciane Mendes, no feminino. Os dois são destaques do Amazonas, e conquistaram as sonhadas marcas para competir o Troféu Brasil de atletismo. Juarez fez o tempo de 14’30”, e Franciane, 17 minutos cravados.



"Consegui o índice nos 5 km, e já tinha conseguido nos 10km também, prova em que estou com o quinto tempo do ranking brasileiro, com 36'21, então estou muito feliz com os resultados que venho conseguindo", disse Franciane.

Alissandra Araújo conseguiu o índice para o Troféu Brasil nos 800 metros rasos, ao fazer a marca de 2'11"05. Apesar do feito, seu técnico Luiz de Oliveira almeja mais para ela. “Ela tem melhor resultado, mas ainda está com pouco tempo de treino, então vamos alcançar o objetivo que é ir bem no Troféu”, ressaltou o técnico.

Outro destaque foi o carioca, Rodrigo Costa, que venceu os 400 metros raos, com o tempo de 48’05”. Ele treina em Manaus desde outubro do ano passado, com alguns outros atletas de outros Estados, sob a orientação do técnico Luiz de Oliveira e, apesar de ainda não ter conseguido o índice para o Troféu Brasil, está confiante que ainda vai melhorar muito para as próximas competições. “Minha meta é melhorar meu tempo cada vez mais para buscar as competições maiores. Como essa foi minha primeira prova do ano, fiz um tempo bom, e que dá para melhorar”, afirmou Rodrigo.

O Troféu Brasil de atletismo vai acontecer nos dias 10, 11 e 12 de junho, mas os atletas do Amazonas que ainda não conseguiram marca para a competição, terão oportunidade de atingir o índice no Campeonato amazonense adulto de atletismo, que acontecerá mês que vem.

Outros resultados

Ana Paula venceu os 1.500 metros, com o tempo de 4’54”; Ester Rocha foi a campeã dos 400 metros rasos, com 1’02”; Lincoln Aranha foi o campeão dos 800 metros rasos, com 1’54”.

Nas provas de campo, Amanda Cruz foi a melhor no lançamento de dardo (38 metros e 84 centímetros), no salto em distância, Alessandro Evangelista alcançou 6 metros e 32 centímetros; Ediflávio dos Santos foi o campeão do salto triplo, com 13 metros e 95 centímetros, e Renata do Vale, a grande vencedora do salto triplo feminino, com 11’46. “Fiquei muito feliz porque consegui melhorar minha marca, agora sou a terceira do ranking brasileiro sub-18, e agora é focar no norte-nordeste e no campeonato brasileiro, que será só em novembro”, disse Renata.

Amor ao esporte

Mas nem todos correm para chegar ao Troféu Brasil. Azamor Negreiros venceu a prova de 1.500 metros, com o tempo de 4'30", mas admite que seu objetivo é simplesmente voltar a correr muito bem, como corria anos atrás, além de ter mais qualidade de vida. "A estratégia que eu uso para vencer é treino, muito treino e dedicação. Nós atletas precisamos de apoio. Eu parei por sete anos, sou um antigo corredor de corridas de rua, agora voltei, foi um bom recomeço, e quero melhorar, mas principalmente buscar saúde e a felicidade que o esporte traz", disse Azamor.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.