Terça-feira, 22 de Outubro de 2019
É DO AMAZONAS!

Atletas do AM competem nesta semana nos jogos Pan-Americanos

Ao todo, quatro atletas de origem baré competem nesta semana nos Jogos Pan-Americanos em Lima. As modalidades são remo, natação, tiro com arco e wrestling (luta profissional)



aagora_atletas_am_0CF27169-13BA-4E40-B5EF-C3517911268F.JPG Foto: Reprodução A Crítica
04/08/2019 às 13:49

A semana dos Jogos Pan-Americanos de Lima será especial para os amazonenses. No total, quatro atletas de origem baré participam da competição e todos eles entrarão em cena na maior competição das Américas entre terça e sexta-feira.

Os primeiros a competir são justamente os mais experientes. Na terça-feira (6), Aílson Eráclito, do remo, compete no skiff duplo peso leve masculino. O atleta natural de Anamã compete pelo Botafogo desde 2009 e participa de seu terceiro Pan.



Ainda na terça-feira, mas às 14h, Daynara de Paula irá participar do revezamento 4x100 feminino. A amazonense nascida em Balbina, mas que muito nova se mudou para o interior de São Paulo, participa do terceiro Pan. Em Guadalajara 2011, ela conquistou uma prata nos 100m borboleta e dois bronzes em revezamentos. Em Toronto 2015, ela conquistou dois bronzes em revezamentos: no 4x100 livres e no 4x100 medley. Especialista no nado borboleta, Daynara também cai na piscina no dia 7 de agosto às 12h para as eliminatórias dos 100m femininos.

No dia 7 de agosto é a vez da arqueira Graziela Paulino, a Yaci, competir na categoria recurvo feminino. A atleta amazonense, da etnia Karapãna, classificou-se na primeira colocação nas Seletivas dos Jogos Pan-Americanos. Desde 2014, a atleta conquistou 10 medalhas entre campeonatos nacionais e internacionais. Foram dois ouros no Campeonato Sul Americano de 2018, na Bolívia, e a prata do Grand Prix do México, este ano. Estreante em Pans, ela já se prepara para agarrar uma vaga para as olimpíadas de Tóquio, em 2020.

A delegação do tiro com arco chegou em Lima no dia 1° de agosto e Graziela já realizou treinos em terras peruanas. “Chegamos aqui na Vila Pan- Americana e a expectativa é muito boa. Creio que dá para ter um bom resultado. Fomos treinar na quinta e as atividades foram boas”, disse a arqueira que temia pelo tempo frio que faz em Lima, mas que após os primeiros dias, afirmou que não precisou se preocupar. “O tempo está bom. Quando estava no Brasil, vi notícias de frio, mas não está tão frio como esperava então eu creio que vai dar para fazer uma boa competição”, explicou Graziela.

O último a chegar em Lima é o atleta do wrestling (luta profissional), Daniel Alves. Ele viaja neste domingo e compete no dia 9 de agosto a partir das 12h na categoria 57kg. Em seu primeiro Pan, ele faz história 12 anos após Waldeci Silva - que hoje é um dos técnico do atleta - ao representar o Amazonas nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007.

“O Waldeci foi o último. Agora, eu classifiquei e fiz história e se medalhar vai ser melhor ainda”, contou o atleta, que conseguiu a vaga para o Brasil no Pan da modalidade na Argentina e garantiu seu lugar no Brasileiro. Durante a preparação para Lima, Daniel passou quase um mês no Irã, berço da luta olímpica onde treinou junto com campeões mundiais e olímpicos e se diz preparado para o desafio que vem pela frente. “Adquiri muito conhecimento. A luta é a mesma em todo lugar, mas o que diferencia é a vontade de cada um e tenho certeza que eu consigo lutar por medalha”, disse Daniel.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.