Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020
REPRESENTANTES DO AM

Atletas do AM se preparam para o Brasileiro Cadete de Luta Olímpica

Quinze adolescentes amazonenses viajam ao Rio de Janeiro no próximo dia 23 para disputar a competição nacional. Campeões brasileiros vão disputar seletiva para o Pan-Americano da modalidade



luta.JPG Fotos: Divulgação
10/03/2018 às 16:50

No próximo dia 24 de março, 15 atletas do Centro de Alto Rendimento da Amazônia (CTARA), com idades entre 15 e 17 anos, participarão do Campeonato Brasileiro Cadete de Luta Olímpica, no Rio de Janeiro (RJ). Os vencedores do torneio terão a oportunidade de enfrentar o número um do ranking nacional em seletiva que garantirá vaga para o Pan-Americano e as Olimpíadas da Juventude, na Guatemala e na Argentina, respectivamente.

Para o presidente da Federação Amazonense de Luta Livre Esportiva e Luta Olímpica (Falle), Waldeci Silva, a expectativa é colocar pelo menos cinco atletas na seleção da modalidade e trazer o maior número possível de medalhas para o Estado.



“Estou confiante e sei do potencial de cada um. Disputar e ganhar o Brasileiro é uma chance para que eles passem por mais um obstáculo, que é a seletiva fechada com o 1º do ranking. Após isso, eles terão uma vaga garantida na Seleção Brasileira e poderão disputar o Pan-Americano e as Olimpíadas da Juventude representando o Amazonas. A preparação vem sendo feita há tempos e sei que todo o sacrifício valerá à pena”, disse o técnico.


 

Dentre os atletas que irão viajar para competir, estão Viviane Bentes (-49kg), Thalia Monteiro (-53kg), Layane Miranda (-53kg), Diana Lira (-57kg), Raissa Pimentel (-61kg), Ana Carolina Batista (-61kg), Larissa Nicássio (-65kg), Helisson Queiroz (-48kg), Elivaldo Feitosa (-65kg), Ryan Taylor (-71kg), Abraão Santana (-80kg). Além de Abel Araújo (60 kg), Marlen Sandro (45 kg), Alexandre Araújo (51 kg) e Anderson Ribeiro (55 kg) que são de Benjamin Constant e há duas semanas treinam no CTARA.

Também irão compor a delegação amazonense o presidente da Falle e técnico da modalidade no Centro de Treinamento, Waldeci Sousa, e o técnico Anderson Souza. Os lutadores, que são apoiados pela Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), viajam à Cidade Maravilhosa no dia 23.

*Com informações da assessoria de imprensa.


Mais de Acritica.com

20 Jan
trans_8C3DB8BB-BCF9-43E8-B068-3BED79D3DBF5.JPG

Mutirão retifica nomes e assegura identidade de travestis e transsexuais

20/01/2020 às 20:27

Como o procedimento feito diretamente no cartório não é tão simples (a lista de documentos exigidos é extensa) e nem sempre é barato (custa em média entre R$350 a R$ 400), a ação visa não somente facilitar a vida das pessoas transexuais que desejam alterar o nome e gênero de registro em sua documentação de nascimento, como também vai acompanhar e custear a certidão de tabelionato de protestos


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.