Publicidade
Esportes
Craque

Atlético Mineiro e Flamengo duelam para não deixar escapar seus objetivos no Brasileirão

As duas equipes entram em campo às 15h (horário Manaus) tentando reencontrar o seu bom futebol. Dátolo, do Galo, diz que fará de tudo para ser campeão. Já o Flamengo terá a volta de Guerrero 18/09/2015 às 19:22
Show 1
A novidade do lado rubro-negro é o retorno de Guerrero
Camila Leonel Manaus (AM)

Tentando esquecer derrotas dramáticas no meio da semana, Atlético Mineiro e Flamengo vêem a partida deste domingo (20) como chance de reabilitação no Campeonato. Uma vitória manteria vivo os objetivos dos mineiros, que tenta seguir na caça ao líder Corinthians, mas que perdeu a chance de diminuir a distância após sofrer uma goleada contra o Santos. Já para os cariocas, que vinham eufóricos com seis vitórias seguidas e haviam conseguido chegar no G-4, a derrota para o Coritiba torna a vitória ainda mais importante se quiser voltar à zona de classificação para a Libertadores.

Com cinco pontos de diferença em relação ao líder, o Galo precisa voltar a vencer para não ver a distância para o Corinthians aumentar. Mas o meia Dátolo afirmou que o Galo “vai tentar de tudo para ser campeão”.

“A gente sabe a importância, o que o Brasileiro significa tanto para o torcedor como para nós jogadores. O que vamos prometer ao torcedor é que a gente vai se entregar até o fim, não vamos desistir desse Brasileiro porque está todo mundo confiante. Não é um jogo que vai tirar o sonho dos torcedores e dos jogadores. A gente vai tentar de tudo para ser campeão”, afirmou o argentino.

O Galo espera também que uma vitória sobre o Flamengo possa ser a repetição de uma sequência de seis vitórias do Atlético no primeiro turno que levou o time a conseguir a liderança do Brasileiro. Na oitava rodada do Brasileiro, o Atlético vinha de dois tropeços e a vitória sobre o Flamengo embalou o time para vencer Joinville, Coritiba, Internacional,Sport e Ponte Preta. A sequência de vitórias foi interrompida justamente contra o atual líder do campeonato.

"Tomara que se repita a história. O Flamengo mesmo, um tempo atrás, estava perto da zona de rebaixamento e conseguiu emplacar uma sequência de vitórias que o levou a entrar no G-4. Se conseguirmos uma série de vitórias, as coisas voltam a funcionar. O Corinthians tem um jogo difícil no domingo, e, depois, tem o duelo contra a gente. Vamos pensar jogo a jogo, com humildade para a gente conseguir", disse Rafael Carioca.

Do sonho à realidade

Mas não é para o Atlético que o jogo é visto como uma final. O Flamengo que vinha sonhando no Brasileiro recebeu um choque de realidade após perder para o Coritiba e para não transformar o sonho da vaga do G-4 em pesadelo, o Rubro-Negro quer voltar a vencer. Para isso, Oswaldo contará com a volta de Guerrero, que treinou com o time em Brasília, na sexta-feira. Emerson Sheik e Wallace seguem no departamento médico.

O Flamengo é o quinto colocado com 41 pontos, um a menos que o São Paulo. Com a derrota, o Fla desperdiçou a chance de chegar aos 44 e encostar no Grêmio, terceiro colocado, e ainda viu times como o Santos, Palmeiras e Internacional, que venceram, encostar na tabela, com isso, com uma derrota pode significar queda de várias posições. Para isso não acontecer, Oswaldo de Oliveira conversou com o elenco após a derrota e disse que é preciso seguir em frente. "O Atlético-MG é um time muito qualificado. Vamos trabalhar a equipe para manter o ritmo que estávamos fazendo até então. Não podemos pensar no passado. Para ter sucesso no trabalho temos que olhar para frente”, disse.

Publicidade
Publicidade