Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019
Atlético goleia São Paulo

Atlético Mineiro surpreende São Paulo com vitória antológica

Ronaldinho Gaúcho e Jô comandaram o massacre em cima do São Paulo, em Minas Gerais



1.png Jô e Ronaldinho fizeram a festa em cima do São Paulo
09/05/2013 às 09:26

O Atlético Mineiro voltou a surpreender o São Paulo,nessa quarta-feira(08). Desta vez, não teve pena do rival e goleou por 4 a 1 diante de sua torcida, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Com a vitória no jogo de ida por 2 a 1, os mineiros encerraram o confronto com o placar agregado de 6 a 2, assegurando com folga a vaga nas quartas de final da Copa Libertadores.

Jô e Ronaldinho Gaúcho foram os maestros do time atleticano, que ampliou a sua invencibilidade no reformado Independência para 33 jogos. O primeiro marcou três gols, enquanto que o meia brilhou com assistências e jogadas de efeito, principalmente no segundo tempo, quando o Atlético já tinha praticamente assegurada a vitória. Sem oferecer resistência, o São Paulo contou com o retorno de Luis Fabiano, autor do gol de honra.

Após eliminar o São Paulo, o Atlético poderá fazer mais um confronto brasileiro nas quartas de final. O time do técnico Cuca aguarda o duelo entre Palmeiras e Tijuana para conhecer seu próximo adversário. Os dois times empataram sem gols no jogo de ida, no México. A partida da volta, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, será disputada na próxima terça.

O Atlético não demorou para exibir a mesma intensidade apresentada no estádio Independência nos demais confrontos desta Libertadores. Logo aos 2 minutos, Ronaldinho Gaúcho já acertava o travessão em cobrança de falta. Sem reação, Rogério Ceni fez golpe de vista.

O time da casa abriu o placar aos 17 minutos. Diego Tardelli acionou Bernard, que parou na marcação. Jô, no rebote, bateu colocado nas redes.

Insatisfeito com a vantagem ampliada, o Atlético quase anotou o segundo aos 30 minutos. Ronaldinho Gaúcho lançou em profundidade e Jô, mesmo marcado, conseguiu desviar para o gol. Rogério Ceni defendeu no reflexo. Quatro minutos depois, Tardelli raspou a cabeça na bola e desperdiçou grande chance.

A etapa final seguiu o mesmo roteiro do primeiro tempo. Aos 5 minutos, o Atlético acertou o travessão, desta vez com Jô. O mesmo atacante voltou a marcar aos 17, no mesmo minuto do seu gol na etapa inicial. Ele recebeu passe de Marcos Rocha e, com calma, mandou para as redes.

Sem perder o fôlego, o Atlético anotou o terceiro no minuto seguinte. Em lance despretensioso, Réver deu um balão na defesa em direção à zaga rival. Rafael Toloi recuou mal de cabeça para Rogério Ceni e Tardelli interceptou o lance, mandando de cobertura sobre o goleiro são-paulino direto para o gol. Incansável, o time da casa voltou à carga aos 24 minutos, quando Ronaldinho Gaúcho recebeu pela esquerda e, com direito a olhadinha para o lado oposto, deu passe preciso para Jô só completar para as redes. Era o terceiro gol do atacante.

O São Paulo descontou aos 31 minutos, com Luis Fabiano, que contou com rebote de Victor. Mas a reação parou por aí.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.