Publicidade
Esportes
CUTUCOU

Atual campeã, Miesha Tate não acredita na volta de Ronda

Lutadora afirma que a ex-campeã não é mais a mesma e que tem outros planos pra carreira 14/06/2016 às 12:24
Show miesha tate interview 1099573 twobyone
Miesha Tate vai defender o cinturão diante de Amanda Nunes, no dia 9 de julho, no UFC 200 (Foto: Reprodução / Web)
acritica.com

Miesha Tate, atual campeã do peso galo do UFC, diz que uma próxima luta com Ronda Rousey seria diferente. A detentora do cinturão já enfrentou a ‘Rowdy’ em duas oportunidades, e perdeu nas duas, com vitórias convincentes da americana. Em entrevista ao programa ‘The Exchange’ a campeã comentou da nova fase vivida por ela e a adversária.

 “É muito simples: eu vou vencer. É isso. Não sei como. Não sei exatamente o que vou fazer, mas nunca estive tão forte. Estou no melhor momento da minha carreira. O mais confiante que eu já estive. É a minha melhor versão contra a pior dela. Ela está no ponto mais baixo da carreira dela. Acho que ela está se questionando se quer ou não fazer essa luta”, disparou Miesha.

Miesha defende o cinturão contra Amanda Nunes, no dia 9 de julho, no UFC 200, em Las Vegas. O presidente do UFC, Dana White, deixou claro que Rowdy voltaria para uma disputa de título. Mas a campeã acredita que Ronda não volte.

“Se eu acho que ela vai voltar a ser a mesma? Algo me diz que não. É a minha opinião após as entrevistas que ela deu. Acho que ela está com muitos outros planos, menos lutar. Sinto que essa não é mais sua opção número um”, declarou Tate.

 

Miesha, que já perdeu cinco vezes na carreira e teve que reconstruir o caminho das vitórias, disse que Ronda não tem o mesmo poder

“Onde está o coração dela? Eu sei que já passei pelo pior dos piores. Eu já tomei um chute na cabeça e fui nocauteada antes. Eu perdi para a Ronda duas vezes e essa foi a coisa mais devastadora que poderia ter acontecido na minha carreira. Mas aqui estou. Eu melhorei. Fiquei mais forte. E não vejo isso na Ronda. É disso que estou falando. Não vejo o mesmo desejo, a mesma vontade, a mesma paixão, a mesma disposição para superar esse tipo de adversidade. Não vejo isso nela “, afirmou Miesha.

Publicidade
Publicidade