Sexta-feira, 23 de Outubro de 2020
CORONAVÍRUS

Atuando na Alemanha, amazonense destaca o combate à Covid-19 no país

Miguel Rodrigues foi formado nas categorias de base de Tarumã e Manaus. Hoje, joga no LSV Neustadt pelas divisões inferiores da Liga Alemã de futebol



WhatsApp_Image_2020-04-09_at_19.54.32_017A7A4C-F1B6-4A18-A4D5-E02A3B4EF9AB.jpeg Foto: Acervo pessoal
12/04/2020 às 08:08

A sociedade global vive um período de combate ao novo coronavírus. Com casos confirmados em todos os continentes, o mundo ‘parou’ visando conter a disseminação do vírus que matou, até o fechamento desta reportagem, aproximadamente 100 mil pessoas. Impactando eventos considerados não essenciais, como os esportivos, o isolamento social é considerado a melhor forma de prevenção. Mas para quem está longe da família e da terra natal, o desafio parece ser ainda maior.

O amazonense Miguel Rodrigues está vivendo na Europa desde o final de 2016. Jogador que iniciou a carreira, ainda nas categorias de base, por Tarumã e Manaus, o atacante agora joga pelo LSV Neustadt nas divisões inferiores da Liga da Alemanha. Até o momento, o país que hoje abriga o talento baré registrou cerca de apenas 2 mil mortes pela Covid-19, o que transforma as medidas alemãs de combate à doença em exemplo para o restante do mundo. 



Para saber mais de como está a rotina do atacante amazonense em território alemão, o CRAQUE entrou em contato com Miguel, que contou como anda a rotina de treinamentos, quais cuidados de prevenção o país está adotando e se por lá já há alguma previsão de retorno para as competições esportivas. Adaptado, o jogador da LSV coloca a saúde em primeiro lugar. 

Fronteira fechada e treino parado

De acordo com Miguel, uma das primeiras medidas da Alemanha em relação ao combate ao novo coronavírus foi o fechamento de fronteiras. Colada em França, Polônia e Áustria e próximo da Itália - local do Velho Continente que mais foi afetado com a Covid-19 -, o país germânico precisou conter a entrada de pessoas vindo de outros país. A medida também foi adotada por demais países do globo posteriormente. 


Miguel almeja mais títulos no retorno dos campeonatos. Foto: Acervo pessoal

“A Alemanha é muito estruturada. No começo, eles não alertaram tanto, mas já estavam tomando os cuidados na questão de fronteiras. Como há fronteira com Polônia, França e Suíça, é complicado lidar com essa questão. Então eles tentaram reduzir o número de pessoas que entravam no país. Depois, tudo o que não é essencial foi paralisado. Só órgãos de saúde e empresas de mantimentos essenciais mantiveram as atividades”, explicou o amazonense.

Tomando cuidados no dia a dia, como em idas essenciais ao supermercado - o país adotou novas regras de comportamento social nos estabelecimentos, como afastamento obrigatório entre pessoas -, Miguel conta como tem sido a rotina agora que as atividades estão suspensas. Para manter o ritmo, o atacante busca realizar treinos caseiros, com corridas e prática de atividades relacionadas ao esporte.

“Depois que os casos cresceram um pouco, fecharam o clube e todas as academias. Então em casa eu tento correr três vezes por semana, aliando com abdominais e outros exercícios. O YouTube acaba ajudando bastante com esses treinos. Aproveito esse momento também para manter contato com minha família”, ressaltou Miguel, que revelou que a federação do país espera voltar o campeonato em maio. O Bayern de Munique, por exemplo, já retornou aos treinos na segunda-feira (6). 


Principal clube alemão já voltou aos treinos com medidas de distanciamento. Foto: Andreas Gebert/Reuters

Projetando o retorno das atividades, Miguel espera manter a boa sequência na equipe e alçar novos desafios. O atacante diz que já recebeu propostas para jogar em times de divisões acima. Ainda assim, o amazonense diz que a prioridade é a saúde de todos. “Se a saúde de todos não estiver em risco, estamos dispostos a voltar. Torço para que a gente volte logo a sorrir com o futebol. É um clima tenso, mas a gente sabe que a saúde vem em primeiro lugar”, completou Miguel, que também passou pela Polônia antes de chegar à Alemanha.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.