Publicidade
Esportes
LIBERTADORES

Audax encara Huila-COL precisando vencer para manter sonho do bi da Libertadores

Atual campeão do torneio continental, a equipe de Osasco vem de derrota na estreia e só um triunfo diante das colombianas recoloca o representante brasileiro na briga pela taça 22/11/2018 às 01:06 - Atualizado em 22/11/2018 às 10:03
Show ax1 8518eab3 776e 4e3e a814 9ad64bf795d1
Meninas do Audax precisam acertar pontaria diante do Huila. Foto: Tatiana Marques/Audax
Denir Simplício Manaus (AM)

Chegamos apenas no quinto dia da Libertadores Feminina em Manaus e já tem jogo decisivo na Arena da Amazônia. Às 18h desta quinta-feira (22), o Audax encara o Atlético Huila, da Colômbia, precisando da vitória para manter as esperanças de conquista do bicampeonato do torneio.

O elenco do Audax vê o duelo com as colombianas, que são líderes do Grupo A, com três pontos, como decisivo. “Todos os nossos jogos nós tratamos como uma decisão e esse jogo não vai ser diferente. A gente vai tentar melhorar nossas finalizações porque a gente vem controlando bem o jogo, a gente toca bem a bola e tentar ser um pouco mais eficiente do que a gente foi no outro jogo”, disse a meia Victoria Albuquerque.

Questonada se o time comandado pela treinadora Ana Lúcia Gonçalves mudaria o esquema da equipe, Victória foi taxativa. “Nossa estratégia não mudou, na verdade a gente vai continuar com o mesmo estilo de jogo. A gente sabe que elas têm uma vitória e que, provavelmente, elas devem vir com mais cautela contra a gente”, disse a camisa 10 do Audax.

Além do duelo entre Audax e Huila, as equipes do Unión Española-EQU e Peñarol-URU fecham a rodada de jogos do Grupo A, às 20h30, também na Arena da Amazônia. 

Publicidade
Publicidade