Quinta-feira, 24 de Setembro de 2020
DUELO

Barcelona vence o Napoli e vai pegar o Bayern na Champions

Equipe espanhola venceu com gols de Lenglet de cabeça, Messi e Luis Suarez e agora pega os alemãos, que eliminaram o Chelsea



000_1WD839_62181911-D18D-45E5-8143-FC89FA8495ED.jpg (Foto: AFP)
News thumb afp d084093c bf21 4ede 853c 0cfb6068260d AFP
08/08/2020 às 17:28

O Barcelona se classificou para as quartas de final da Liga dos Campeões ao vencer o Napoli por 3 a 1 na partida de volta das oitavas de final, neste sábado, no Camp Nou. 

No jogo de ida em Napoli, no dia 25 de fevereiro, as duas equipes haviam empatado em 1 a 1. O Barça, que vai enfrentar o Bayern de Munique nas quartas de final no dia 14 de agosto em Lisboa, venceu com gols no primeiro tempo de Lenglet de cabeça (10), Messi (23) e Luis Suarez de pênalti (45+1). O Napoli diminuiu o placar com Insigne antes o intervalo, também de pênalti (45 + 5) mas a reação terminou aí.



Gols no primeiro tempo -

O Barcelona entrou em campo com seu trio ofensivo formado por Lionel Messi, Luis Suárez e Antoine Griezmann contra o time napolitano, que finalmente pôde contar com seu capitão Lorenzo Insigne. 

Griezmann se recuperou do desconforto muscular na perna direita que o fez perder os últimos jogos da Liga espanhola. 

Pelo lado italiano, o atacante Insigne conseguiu voltar a tempo depois de sentir dores no músculo adutor esquerdo no último sábado, na última partida do campeonato italiano contra a Lazio.

Quem começou assustando foi o Napoli. Logo no primeiro minuto, após uma jogada de Insigne, a bola sobrou para o atacante belga Dries Mertens que chutou de pé esquerdo e a bola explodiu na trave.

Mas o Barça respondeu e aos 10 minutos, Rakitic cobrou escanteio e Clément Lenglet subiu mais alto para cabecear para o fundo das redes napolitanas.

Aos 23 minutos foi a vez da estrela de Lionel Messi brilhar. O craque argentino recebeu um passe de Suárez pela direita, conseguiu se livrar dos adversários e chutou no canto direito do goleiro colombiano Ospina.

Barcelona, Espanha | AFP | sábado 08/08/2020 - 17:38 UTC-4 | 603 palavras

O Barcelona se classificou para as quartas de final da Liga dos Campeões ao vencer o Napoli por 3 a 1 na partida de volta das oitavas de final, neste sábado, no Camp Nou. 

No jogo de ida em Napoli, no dia 25 de fevereiro, as duas equipes haviam empatado em 1 a 1. O Barça, que vai enfrentar o Bayern de Munique nas quartas de final no dia 14 de agosto em Lisboa, venceu com gols no primeiro tempo de Lenglet de cabeça (10), Messi (23) e Luis Suarez de pênalti (45+1). O Napoli diminuiu o placar com Insigne antes o intervalo, também de pênalti (45 + 5) mas a reação terminou aí.

- Gols no primeiro tempo -

O Barcelona entrou em campo com seu trio ofensivo formado por Lionel Messi, Luis Suárez e Antoine Griezmann contra o time napolitano, que finalmente pôde contar com seu capitão Lorenzo Insigne. 

Griezmann se recuperou do desconforto muscular na perna direita que o fez perder os últimos jogos da Liga espanhola. 

Pelo lado italiano, o atacante Insigne conseguiu voltar a tempo depois de sentir dores no músculo adutor esquerdo no último sábado, na última partida do campeonato italiano contra a Lazio.

Quem começou assustando foi o Napoli. Logo no primeiro minuto, após uma jogada de Insigne, a bola sobrou para o atacante belga Dries Mertens que chutou de pé esquerdo e a bola explodiu na trave.

Mas o Barça respondeu e aos 10 minutos, Rakitic cobrou escanteio e Clément Lenglet subiu mais alto para cabecear para o fundo das redes napolitanas.

Aos 23 minutos foi a vez da estrela de Lionel Messi brilhar. O craque argentino recebeu um passe de Suárez pela direita, conseguiu se livrar dos adversários e chutou no canto direito do goleiro colombiano Ospina.

Messi ainda voltou a balançar as redes pouco depois, aos 30, mas a bola lançada por De Jong e que o astro matou no peito, tocou em sua mão e o gol foi anulado com o auxílio do VAR.

O mesmo assistente de vídeo serviu para marcar um pênalti a favor do Barça, após um chutão do zagueiro senegalês Kalidou Koulibaly no craque argentino dentro da área.

Com Messi mancando, quem se encarregou da cobrança foi Luis Suárez (46). Ele bateu no canto superior esquerdo e aumentou para 3 a 0.

O Napoli ainda conseguiu diminuir o prejuízo antes do intervalo, também por meio de um pênalti depois que Rakitic derrubou Mertens na área (48). Insigne cobrou bem, longe do alcance de Ter Stegen. 

- Rumo ao 'Final 8' -

No segundo tempo, o time italiano precisava desesperadamente do empate, e o técnico Gennaro Gattuso fez uma série de substituições. Mas era o Barça quem assustava nos contra-ataques. 

Sergi Roberto cruzou rasteiro para Suárez na área, mas a defesa do Napoli conseguiu afastar. Quatro minutos depois, o polonês Piotr Zielinski recebeu cartão amarelo por cometer uma falta em Messi em outro contra-ataque.

Em desvantagem no placar o time napolitano criou chances. O mexicano Hirving Lozano, que tinha acabado de entrar em campo no lugar de Zielinski (69), tentou de cabeça mas a bola subiu demais (71).

A equipe do sul da Itália partiu para o tudo ou nada nos últimos 15 minutos enquanto o Barça buscava apenas administrar. Mário Rui cruzou e o atacante Milik, adiantado, mandou de cabeça para o fundo das redes. O gol foi anulado por impedimento (80). 

Pouco depois, foi a vez do atacante Matteo Politano cruzar para a cabeçada perigosa de Lozano (84). 

O placar permaneceu inalterado e a classificação para o 'Final 8' em Lisboa representa um sopro de esperança para o Barcelona e o questionado técnico Quique Setién, após uma temporada decepcionante. 

A Liga dos Campeões é agora a última chance de dar a volta por cima para o time catalão. 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.