Domingo, 26 de Maio de 2019
Craque

Barezinho 2015: Sul América cauteloso contra o misterioso Tarumã pelos Juniores

Time comandado por Marcelo Galvão está em alerta contra o Lobo do Norte treinado por Sirone Nascimento. Sulão só precisa de um empate pra avançar às semis, enquanto o Rubro-Negro só pensa em surpreender



1.jpg
Garotada do Tarumã treinou jogadas ensaiadas par tentar surpreender o Sul América.
---
07/07/2015 às 15:04

Sul América encara o Tarumã pelas quartas de final do 1º turno do Campeonato Amazonense de Juniores 2015, nesta quarta-feira (8), às 15h, no estádio da Colina, na Zona Oeste da capital. E enquanto o Trem da Colina reduz a marcha pra não sair dos trilhos perante o atual campeão da competição, o Lobo do Norte prepara o ataque pra tentar despachar o Sulão do Barezinho.

Atual campeão amazonense de Juniores, o Tarumã, do treinador Sirone aposta suas fichas no mistério. O comandante dos Lobos do Norte preferiu apontar o adversário como favorito e revelou apenas que treinou bastante quatro jogadas ensaiadas e pretende que, ao menos, duas delas funcionem no duelo com o Sul América.

“Só tenho que elogiar o Sul América. Eles têm sete ou oito jogadores de Roraima. Tem uma base forte e está treinando desde o início. A responsabilidade de avançar é deles. O que posso dizer é que temos umas quatro jogadas ensaiadas fortes que podem surpreender o time deles. Se duas delas se encaixarem, já será ótimo”, comentou Sirone.

O treinador do Tarumã ainda conta com os reforços do goleiro Ícaro e do lateral-esquerdo Kelvin, também oriundos de Roraima, para o confronto com o Sulão. “Estávamos esperando a liberação desses jogadores desde o início do campeonato. Fico feliz que eles possam nos ajudar nessa partida decisiva”, analisou.     

Mistério x Cautela

Se o Lobo está misterioso, o Trem da Colina está com o freio de mão puxado, só esperando pra atropelar. Pelo menos essa será a estratégia do técnico Marcelo Galvão para o jogo que define a vaga nas semifinais do Barezinho. Galvão não “entra na pilha” de que seu time é o favorito e prefere manter a cautela, já que joga pelo empate para passar de fase.


“Acho que não (seja favorito). É outa fase, agora é mano a mano. A probabilidade de ter um empate é de 33%, logo o empate é bom pra gente. Quem tem que defender o título é eles, que são os atuais campeões”, desconversou Marcelo Galvão.

O treinador conta com o meia Magno, além do atacante Lucas Peteca, ambos vêm sendo essenciais na campanha do Sulão. O reforço na defesa fica por conta da volta do goleiro Gabriel. Cyro, com uma fissura na clavícula está praticamente fora da competição. A equipe do Trem da Colina deve atuar no esquema 4-3-2-1 no início da partida e só muda a forma de jogar caso precise vencer.

“Devo começar o jogo com três volantes. Não tenho porquê me expor. Caso necessite vencer eu mudo o esquema pro 4-4-2 no segundo tempo”, explicou Galvão.   



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.