Publicidade
Esportes
Barezinho 2016

Barezinho inicia com goleada do Manaus e vitória da dupla Rio-Nal, na Colina

Com direito a rodada dupla no estádio Ismael Benigno, o Estadual de Juniores teve quatro jogos disputados neste sábado (26). Destaque para a virada do Leão pra cima do Mundico e o massacre do Gavião sobre o Holanda 29/03/2016 às 08:07
Show 954d0d5d fbcf 44d3 8366 528a0afbf4f1
Menino Hayllan ajudou o Naça a virar pra cima do Mundico.
Antônio Lima Manaus (AM)

O estádio Ismael Benigno, a Colina, foi, neste sábado (26), palco da abertura do Campeonato Amazonense de Juniores 2016. A competição responsável por revelar os futuros craques do futebol Baré teve seu ponta pé inicial em grande estilo. Com direito a rodada dupla e virada espetacular do Nacional sobre os "donos da casa", o São Raimundo, o público que prestigiou as partidas ainda viu o Rio Negro superar o Iranduba. O torneio ainda contou com outras duas partidas, onde o destaque foi a goleada do Manaus sobre o Holanda por 4 a 1.

O atual campeão Fast Clube teve seu confronto com o Tarumã adiado e só deve estrear no torneio contra o Holanda, no dia 2 de abril, no Campo da Ulbra. Com 11 equipes na competição, o Tarumã teve de folgar na rodada e só entra na briga pela taça do Barezinho 2016 no próximo sábado (2), contra o Iranduba, no estádio Álvaro Maranhão, na casa do Hulk.

Com os resultados de hoje, o Gavião do Norte assumiu a liderança da competição pelo critério de saldo de gols. Na segunda posição vem o Galo da Praça da Saudade, seguido do Leão da Vila Municipal, todos com 3 pontos ganhos. Uma das novidades deste ano na competição é a disputa de penalidades em caso de empate. E o Penarol foi o primeiro beneficiado pelo "ponto extra", ao superar o Sul América, após igualdade em 1 a 1, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara. Assim o Leão da Velha Serpa é o quarto na tebela, com 2 pontos ganhos.

Galo forte contra o Hulk

Responsáveis pelo ponta pé inicial do Barezinho 2016, Rio Negro e Iranduba bateram o centro de campo, na Colina, às 15h30, com vontade de vencer. Com maior posse de bola, o time comandado pelo competente Roberley Assis se postou melhor em campo e tomou as rédeas do jogo logo no início.

Com preleção feita pelo treinador da equipe feminina do Hulk, Felipe França, os garotos do Alviverde irandubense não seguraram a pressão e perderam por 2 a 0, em partida marcada pela chuva que desabou na Colina na segunda parte do jogo. Os gols foram marcados pelo artilheiro Elivelton, o Tio Patinhas, aos 9 minutos da primeira etapa, e Robson, cobrando pênalti, aos 29min do 2º tempo.

"Importante estrear vencendo uma competição que vai ser muito disputada. Então pontuar é importante. Lógico, temos alguns erros à serem corrigidos, mas no contexto geral a gente teve um volume de jogo maior e a vitória foi importante pra estrear bem na competição. Agora é preparar pro Rio-Nal", pontuou Roberley Assis, pensando no clássico com o nacional na próxima rodada.

Leão vira pra cima do Tufão

O segundo duelo da tarde cinzenta na Colina foi entre São Raimundo e Nacional. Treinando há mais de três meses e com o apoio de sua apaixonada torcida, o Tufão da Colina jogava em casa e pra muitos era o favorito à vitória. O Leão da Vila, por outro lado, começou os trabalhos com a base há apenas três semanas, mas contou com um reforço de peso. O meia-atacante Hayllan foi cedido pelo time principal e foi um dos destaques do clássico, que teve sete gols.

O Mundico saiu na frente aos 21 minutos de jogo com Adriano com um chutaço de fora da área. Assim como Hayllan, no Naça, o camisa 7 do Tufão brilhou na partida. Mal deu tempo de comemorar e Júnior Garanha, um minuto depois, empatou a partida para o Leão. Isso mesmo, o filho do ex-atacante do nacional, marcou o tento que igualou o placar e deu mostras que deve seguir os caminhos do pai goleador.

Antes do apito final da primeira etapa, Fabinho, aos 40 minutos, de cabeça, aproveitou escanteio e recolocou o Mundico na frete do marcador: 2 a 1 São Raimundo.

Após o intervalo o Mundico voltou mais ligado que o Naça e ampliou aos 7 minutos em linda cobrança de falta pela direita, sem chances para o goleiro Matheus; 3 a 1 pro Tufão. Foi aí que brilhou a estrela do menino Hayllan. O camisa 10 do Leão da Vila começou seu show particular em arrancada espetacular e só foi parado com falta dentro da área. E como falta dentro da área é pênalti, lá se foi o manacapuruense pra cobrança.

Goleiro Victor pra um lado, bola pro outro. Naça 2, Tufão 3, e pressão pra cima dos donos da casa. Aos 25 minutos Hayllan botou. de vez, fogo na partida ao cobrar de forma magistral uma falta no ângulo do camisa 1 do São Raimundo. A equipe comandada pelo veterano treinador James Furtado tinha a chance da virada.

Os garotos do Tufão começaram um "cai-cai" em campo para tentar parar o ímpeto dos nacionalinos, mas não teve jeito. Aos 39 minutos do segundo tempo, João Rubens aproveitou cruzamento de Rocha e aplicou a virada pra cima do Tufão, em plena Colina. Final, Nacional 4 a 3 pra cima do São Raimundo.

Outros resultados

No estádio Carlos Zamith, na Zona Leste, o Manaus FC aplicou uma goleada pra cima do Holanda. O Gavião voou baixo e enfiou suas garras na Laranja, que "virou suco" e foi engolido num sonoro 4 a 1. Naquele que foi o maior chocolate na véspera do Domingo de Páscoa, na rodada.

No estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara, o Penarol ficou no empate com o Sul América em 1 a 1. Como no regulamento do Barezinho 2016 prevê cobrança de penalidades, caso uma partida termine na igualdade no tempo normal, lá se foi a garotada pra "loteria dos pênaltis". No fim, o Leão da Velha Serpa levou o chamado "Ponto Extra" ao converter mais cobranças: 3 a 2, pro Penarol sobre o Trem da Colina.

Segunda rodada

Na sequência do Barezinho 2016 teremos rodada cheia no próximo sábado (2). No estádio Álvaro Maranhão, às 15h30, em Iranduba, os donos da casa recebem o estreante Tarumã.

A Colina volta a ter rodada dupla com a disputa de dois tradicionalíssimos clássicos locais: além do Rio-Nal, duelo entre Rio Negro e Nacional, o estádio da Zona Oeste será palco do "Galo Pret", confronto entre São Raimundo e Sul América. No Campo da Ulbra, às 15h30, o atual campeão Fast estreia diante do Holanda. No estádio Carlos Zamith, às 16h, Manaus e Penarol se enfrentam, tentando a liderança do torneio. 

Publicidade
Publicidade