Publicidade
Esportes
SEGUE NA CBV

Bernardinho não é mais técnico da seleção brasileira de vôlei

Renan Dal Zotto, diretor de seleções até os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, será o novo treinador da equipe 11/01/2017 às 16:36 - Atualizado em 11/01/2017 às 16:46
Show bernardinhoi03333
Bernardinho ficou 24 anos na seleção, 16 apenas no comando da equipe masculina. Foto: Divulgação/ CBV
acritica.com

Bernardinho não é mais técnico da seleção brasileira de vôlei. Nesta quarta-feira (11), a Confederação Brasileira de Vôlei anunciou em coletiva de imprensa que ele está fora do comando da equipe canarinho. Renan Dal Zotto, diretor de seleções até os Jogos do Rio de Janeiro, será o novo técnico da equipe.

Bicampeão olímpico, Bernardinho voltou a colocar o Brasil no lugar mais alto no pódio nas Olimpíadas do Brasil, em agosto do ano passado, quando os meninos conquistaram a medalha de ouro do torneio masculino de vôlei. E após 24 anos de seleção, sendo 16 à frente do time masculino, ele deu adeus a equipe antes do início do ciclo olímpico para os Jogos de Tóquio, em 2020.

Considerado por muitos como um dos maiores técnicos da história do voleibol, Bernardinho conquistou seis medalhas no comando das equipes feminina e masculina do Brasil, sendo duas de ouro.

Fora do comando da seleção, Bernardinho seguirá na Confederação Brasileira de Vôlei, agora como coordenador da equipe masculina e também fará um trabalho integrado com a base.

Publicidade
Publicidade