Domingo, 26 de Maio de 2019
Craque

Bolso cheio: após impasse, Governo libera verba de R$ 2,5 milhões aos clubes do Amazonas

O anúncio da liberação dos recursos para as dez agremiações que disputaram o Campeonato Amazonense de 2015 foi feita nesta quinta-feira (9) pela Sejel. Repasse foi feito à ACPEA que distribuirá o valor para os clubes



1.gif
Governo do Estado liberou verba de R$ 2,5 milhões destinada aos clubes.
09/07/2015 às 13:38

Foram meses de espera, discussões e reuniões intermináveis entre dirigentes e representantes do Governo do Estado, mas finalmente os recursos da ordem de R$ 2,5 milhões foi liberado aos clubes amazonenses. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (9), durante coletiva de imprensa na sede da Secretaria do Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), na Zona Centro-Oeste de Manaus.

A notícia da liberação da verba aos dez clubes que participaram do Campeonato Amazonense deste ano, que teve seu término no último dia 20 de junho, foi dada pelo secretário-executivo da Sejel, Ricardo Marrocos. “O dinheiro, na verdade, foi liberado pela Sefaz (Secretaria da Fazenda) ontem (8). Mas existe o trâmite normal de 24 horas e o dinheiro deve cair na conta da Associação hoje (9)”, confirmou o representante da pasta.

O repasse de R$ 2,5 milhões foi feita para a Associação de Clubes Profissionais do Estado do Amazonas (Acpea) e, segundo seu presidente, Cláudio Nobre, o dinheiro começa a ser depositado na conta dos clubes o quanto antes. “Ainda não fui ao banco para ver se caiu (verba do governo). Mas se já estiver lá, hoje mesmo começamos a fazer o repasse que cada clube tem direito”, explicou.

Divisão da verba

De acordo com Nobre, dos R$ 2,5 milhões destinados aos dez times: Operário, Rio Negro, Naça Borbense, Manaus FC, São Raimundo, Iranduba, Penarol, Fast Clube, Princesa do Solimões  e Nacional, 88% será dividido de maneira igual. Outros 11% do montante será repassado aos quatro melhores colocados do Estadual desde ano e 1% ficará com a Acpea para manutenção da Associação.

Sobre os 11% destinados ao quarteto melhor colocado no Amazonense de 2015, 2% ficará com cada semifinalista da competição. Para os finalistas do torneio ficou acordado que as duas equipes receberiam mais 1,5% do repasse.

“Em reunião feita em março deste ano todos os clubes concordaram com essa divisão. Como os times que chegaram às finais do campeonato gastaram mais que os outros, nada mais justo do que eles receberem uma porcentagem maior desse dinheiro”, comentou Nobre.

Com a divisão feita, Nacional e Princesa – finalistas do Amazonense deste ano – receberão pouco mais de R$ 300 mil cada. Os demais clubes devem receber aproximadamente R$ 220 mil do governo.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.