Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Craque

Botafogo faz mistério e só libera parte final do treino na Colina

Comissão técnica preferiu fechar os portões do estádio aos torcedores e imprensa para treinar jogadas ensaiadas do time. Cerca de 350 botafoguenses acompanharam tranquilamente a atividade da equipe que enfrenta o Flamengo neste sábado (25) na Arena



1.jpg Botafogo permitiu que apenas parte do treino tivesse a presença da imprensa e torcedores
24/10/2014 às 21:05

O elenco do Botafogo treinou de portões fechados na tarde desta sexta-feira (24) no estádio Ismael Benigno (a Colina), localizado no bairro São Raimundo na Zona Oeste de Manaus. Visando surpreender o adversário, a comissão técnica do clube preferiu manter mistério quanto às jogadas e a escalação do time que enfrenta o Flamengo neste sábado (25), na Arena da Amazônia, pela 31ª rodada do Brasileirão.

Depois de executar jogadas ensaiadas e testar a formação titular que entrará em campo contra o Flamengo, a comissão técnica do “Glorioso” (como é conhecido o Botafogo) liberou o treino para a torcida e imprensa que aguardavam do lado de fora do estádio da Colina. Foram pelo 1 hora e 15 minutos de atividade com os jogadores que tentarão a segunda vitória em Manaus, já que o Botafogo venceu o Corinthians no último dia 11 deste mês na Arena da Amazônia.


Assim que os portões foram abertos o que se viu foi o treinador Vagner Mancini dividir o elenco em dois grupos mesclando reservas e titulares. Além de atividade física, os jogadores treinaram cobranças de pênalti e falta, com os goleiros Jefferson e Andrey no gol. Carlos Alberto, Wallyson e Regis treinaram jogadas de bola parada, enquanto do outro lado do campo a outra metade do elenco fazia treino de dois toques.


Mancini evitou por em campo o provável time titular que enfrentará o Flamengo na Arena. Com mais um desfalque, desde que perdeu o volante Airton, expulso contra o Coritiba, o comandante do Botafogo mantém o mistério quanto ao substituto do jogador de meio campo. No entanto, o argentino Bolatti deverá ser o eleito do treinador por ser firme na marcação e veloz nas saídas para o ataque.

Pelo menos 350 torcedores acompanharam tranquilamente o treino nas arquibancadas do estádio. Diferentemente do treinamento do Flamengo, onde houve invasão do gramado do estádio Carlos Zamith, o clima entre os botafoguenses foi de total apoio ao time. Mesmo atravessando grave crise financeira e estando na penúltima posição do campeonato, a torcida acredita numa vitória no duelo contra os rubro negros no sábado.

*Com infromações da repórter Lorenna Serrão

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.