Publicidade
Esportes
Assou a raposa

Botafogo quebra tabu de quase 20 anos e vence o Cruzeiro no Mineirão

Com direito a golaço de Camilo, o Fogão bateu a Raposa por 2 a 0 e se aproxima cada vez mais do G-4 do Brasileirão 11/09/2016 às 17:21 - Atualizado em 11/09/2016 às 17:23
Show 155114516557d5c7f7819ed
Canales abriu o caminho para o time da Estrela Solitária quebrar a escrita de 19 anos sem vencer o Cruzeiro no Mineirão (Foto: Fernando Michel/Lancepress!)
ACritica.com* Manaus (AM)

Depois de quase duas décadas, o Botafogo volta a vencer o Cruzeiro no estádio do Mineirão. Com uma grande atuação, o Glorioso venceu o time mineiro por 2 a 0, neste domingo (11), e chegou a 35 pontos no Campeonato Brasileiro. Camilo mais uma vez foi o destaque pelo lado do Fogão ao marcar lindo gol que decretou a vitória dos cariocas em Minas Gerais. O argentino Canales marcou o outro tento para os botafoguenses.

Na próxima rodada o time do técnico Jair Ventura encara o Santos, quarta-feira (14), na Arena Botafogo, na Ilha do Governador.

O jogo

Com desfalques, Jair Ventura optou por novidades: Emerson na lateral direita e Diogo no meio. O Botafogo se portou bem no primeiro tempo, foi consistente e teve as melhores oportunidades. A começar por um belo chute de Victor Luis, com curva, rente à trave, aos 15.

Aos 23, Diogo tabelou e, na entrada da área, foi travado. O Cruzeiro começou a sair para o jogo e buscar alternativas, além do jogo área. Robinho finalizou uma por cima, Edimar cruzou uma bola perigosa rasteira. Já aos 37, em cobrança de falta, Rafael Sóbis obrigou Sidão a fazer grande defesa.

O lance mais claro da etapa inicial foi alvinegro. Bruno Rodrigo escorregou, Camilo aproveitou o espaço e tocou para Neilton invadir a área para bater cruzado, só que Rafael salvou com o pé, aos 44.

Veio o segundo tempo e o panorama do jogo seguiu parecido. O Botafogo ameaçou em cruzamento de Emerson que quase ficou para Camilo ou Victor Luis concluir. O Cruzeiro cresceu e assustou com Robinho, em chute para fora. Depois, Alisson e De Arrascaeta pararam em boas defesas de Sidão.

Apareceu então um novo personagem: Canales, que entrou no lugar de Sassá no intervalo. Aos 21, Victor Luis fez a jogada pela esquerda e rolou, o chileno teve calma para dominar e finalizar sem chance para Rafael. Cruzeiro 0 x 1 Botafogo.

Se o Cruzeiro saiu em busca do empate, deixou espaço para o contra-ataque. O Botafogo foi inteligente, controlou as ações ofensivas do rival e ainda chegou ao seu segundo gol. E que golaço! Aos 35, Victor Luis cruzou da esquerda e Camilo acertou um voleio espetacular! Cruzeiro 0 x 2 Botafogo.

Veio a pressão do time da casa. Aos 37, Sidão fez linda defesa em chute de Lucas já dentro de dentro da área. Pouco depois, Alisson cruzou da direita e a bola passou perigosamente. No lance seguinte, Diogo salvou quase sobre a linha em cabeçada de Willian.

Ainda teve bola de Edimar na rede pelo lado de fora e gol de Ábila bem anulado aos 46, pois Lucas estava impedido e participou. No fim, Ábila perdeu chance clara. Não tinha jeito: a vitória era mesmo do Botafogo.

*Com informações da assessoria

 

Publicidade
Publicidade