Domingo, 20 de Outubro de 2019
Craque

Botafogo vence de virada

O resultado terminou com uma sequência de cinco jogos sem vitória para o Botafogo e o colocou novamente no G4 do Brasileirão 2013



1.jpg Seedorf deu assistência para o gol de empate e marcou o gol da virada que decretou a vitória na Arena Pernambuco contra o Náutico
09/10/2013 às 22:34

O desesperado Náutico recebeu o Botafogo, que não sabe o que é vitória a cinco partidas, na Arena Pernambuco na noite desta quarta-feira (9) pela 27º rodada do Brasileirão 2013. O Fogão mostrou superioridade técnica e venceu de virada por 3x1.

O resultado manteve o Botafogo na briga por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem, na 3º colocação da tabela com 46 pontos conquistados.



O Náutico amarga a lanterna do Brasileirão com apenas 17 pontos somados até esta rodada e já pode se acostumar com a 2º divisão no ano que vem.

O jogo

Logo aos 8 minutos do primeiro tempo, Maikon Leite tabelou com Morales, entrou na área, girou e bateu em direção ao gol. A bola quicou na frente do goleirão Renan que acabou engolindo um tremendo frango. Náutico 1x0 Botafogo.

O alvinegro não se abalou e tomou o controle da partida. O meio de campo do Botafogo se adiantou e pressionou o Náutico na defesa.

De dentro da grande área, Seedorf cruzou a bola da esquerda, Elias tentou cabecear mas não conseguiu, Rafael Marques pegou a sobra e chutou forte para as redes, empatando o jogo aos 25 minutos do primeiro tempo. Náutico 1x1 Botafogo.

A virada veio ainda na primeira etapa com o craque Seedorf. Edilson cobrou escanteio na esquerda, Seedorf, do outro lado do campo, em frente à grande área dominou e bateu no ângulo. O goleiro Berna nem esboçou reação. Um golaço. Náutico 1x2 Botafogo.

Edílson recebe passe na direita, vai à linha de fundo e cruza para  Gegê, que aparece sozinho e chuta sem chances para Ricardo Berna aos 45 minutos do segundo tempo. Náutico 1x3 Botafogo


Náutico

Ricardo Berna (Goleiro), Maranhão (Lateral direito), João Filipe (Zagueiro), Leandro Amaral (Zagueiro), Bruno Collaço (Lateral esquerdo), Derley (Volante), Elicarlos (Volante), Tiago Real (Meio campo), Diego Morales (Meia Atacante), Maikon Leite (Atacante) eOliveira (Atacante).

Técnico: Marcelo Matelotte

Botafogo

Renan (Goleiro), Edilson (Lateral direito), Bolívar (zagueiro), Dória (zagueiro), Julio Cesar (Lateral Esquerdo), Marcelo Mattos (volante), Renato (Volante), Seedorf (Meio Campo), Rafael Marques (Atacante), Hyuri (Atacante) e Elias (Atacante)

Técnico: Oswaldo de Oliveira

Trio de arbitragem

Marcos André Gomes da Penha (árbitro), Luís Carlos Câmara Bezerra (auxiliar) e Broney Machado (auxiliar)





Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.