Publicidade
Esportes
VÔLEI FEMININO

Brasil e República Dominicana fazem último treino antes de amistoso, em Manaus

As equipes treinaram na manhã desta terça-feira (30), na Arena Amadeu Teixeira, Zona Centro-Sul 30/05/2017 às 14:37 - Atualizado em 30/05/2017 às 14:50
Show volei03333
(Foto: Antonio Lima)
Jéssica Santos Manaus

Está chegando a hora da partida entre Brasil e República Dominicana, em Manaus. As duas equipes fizeram mais uma sessão de treino na Arena Amadeu Teixeira, Zona Centro-Sul, na manhã desta terça-feira (30). A Arena será o palco do jogo, marcado para hoje, às 20h30, e os ingressos serão  vendidos até as 21h, na bilheteria do ginásio.

Tanto Brasil quanto República Dominicana estão iniciando o trabalho com foco nas Olimpíadas de Tóquio 2020, e o discurso dos técnicos das duas seleções para este primeiro jogo da temporada é de ter respeito pelo adversário.

"É um prazer jogar com a seleção brasileira, e é importante para nós, começar em alto nível", disse Marcos Kwiek, técnico da República Dominicana.

Marcos também enfatizou seu apreço pelo trabalho de Zé Roberto, técnico da seleção brasileira feminina. "Trabalhei muitos anos com ele, admiro muito seu trabalho, que é referência no mundo todo, então, é importante que tenhamos o intercâmbio que estamos fazendo", disse.

"A República Dominicana é um bom time, tem evoluído ao longo dos anos, o técnico é brasileiro, conhece muito bem as nossas jogadoras, melhor do que conhecemos as jogadoras deles, claro, mas vejo muito empenho por parte do nosso time", destacou Zé Roberto, técnico da seleção brasileira.

Perfil da Seleção
Sobre a seleção, agora reformulada, o técnico Zé Roberto destacou o foco  da equipe. "Nosso grupo é jovem, e está com muita vontade. Esses amistosos vão ajudar muito para os campeonatos importantes de 2017, como o Grand Prix. Posso dizer que temos jogadoras mais experientes, e as mais jovens, que estreiam agora na seleção, mas que jogaram muito bem pelos seus times na Superliga e no campeonato mundial de clubes. Umas treinaram mais, outras menos, mas todas estão muito bem".

Jogadoras animadas
A experiente Tandara falou sobre a nova seleção, e a animação para o início de temporada da equipe. "Nossa primeira dificuldade é a reformulação do time. No início vamos encontrar um pouco de dificuldade até a gente se encontrar, mas o time está todo motivado. E começar aqui por Manaus nos causa muita expectativa porque aqui temos sempre uma recepção muito calorosa, e a gente agradece o carinho", disse ela.

E parece que a seleção realmente vai agradecer e retribuir o carinho dos torcedores. "Essa é uma equipe que gosta muito de tirar foto, de dar atenção à torcida, então, com certeza, quem vier para o jogo hoje à noite, vai encontrar um time atencioso, mas principalmente dedicado dentro de quadra", concluiu Tandara.

A jogadora Niverka Marte, da República Dominicana, vê o jogo com o Brasil como uma grande oportunidade para a equipe. “Esses jogos são uma preparação para nós, viemos aqui para treinar, para jogar com as brasileiras, e será importante como uma preparação para o ano. Para nós será ótimo começar com um jogo difícil como este com o Brasil”, destacou a jogadora.

Os principais compromissos da seleção feminina este ano serão o Montreux Volley Masters, o Grand Prix, o Campeonato Sul-Americano e a Copa dos Campeões. Para a República Dominicana, a primeira competição importante será a Copa Pan-americano, no Peru.

Publicidade
Publicidade