Publicidade
Esportes
Craque

Brasil na final da Copa das Confederações

Os gols do Brasil foram marcados por Fred e Paulinho. Cavani fez para os uruguaios 26/06/2013 às 17:29
Show 1
Jogo Brasil x Uruguai
leanderson lima* Manaus, AM

A Seleção Brasileira passou pelo Uruguai em uma partida repleta de emoções e agora assiste de camarote a segunda semifinal da Copa das Confederações, entre Itália x Espanha, nesta quinta-feira, em Fortaleza, para saber seu adversário na grande final no domingo, no Maracanã, Rio de Janeiro. Os gols do Brasil foram marcados por Fred e Paulinho. Cavani fez para os uruguaios.

 Primeiro tempo

O jogo começou de forma bastante truncada. O Uruguai foi mostrando toda a força de sua defesa e não deixava o Brasil avançar. Aos 12 minutos o zagueiro David Luiz cometeu pênalti em cima do capitão Diego Lugano.

O camisa 10, Diego Forlan, que não costuma perder, foi para a cobrança.  Ele bateu no canto esquerdo de Julio Cesar, que defendeu de forma espetacular para delírio da galera.

A defesa foi um balde de água fria nas pretensões do Uruguai.  O Brasil continuava tentando romper a defesa Celeste sem sucesso. Hulk foi o jogador brasileiro que mais tentou. Neymar segurava demais a bola e quando tentava fazer um passe errava ou era surpreendido por um jogador uruguaio.

A torcida no Mineirão pedia Bernard o tempo todo, mas foi outro mineiro que fez a alegria da galera: Fred. Em um lançamento de Paulinho, Neymar recebeu e chutou, Musleira defendeu e no rebote, Fred abriu o marcador no Mineirão.  

Na sequencia Luis Suarez quase marcou depois de receber a bola sozinho na defesa brasileira. Sorte do Brasil que o chute foi para fora.

Segundo tempo

No segundo tempo a zaga brasileira deu bobeira e Cavani mandou para as redes no canto direito do goleiro Julio Cesar, que não teve culpa no lance logo aos dois minutos.

A situação ficou crítica, o Brasil não conseguia criar jogadas e Felipão mandou Bernard a campo no lugar de Hulk. O baixinho do Atlético-MG botou fogo no jogo dando muito mais movimentação ao ataque.

A mudança deixou o Brasil mais veloz e aos 23 minutos, em uma bela jogada entre Oscar e Bernard sobrou para Neymar concluir, mas Musleira pegou.   

O Brasil não conseguia desempatar o jogo até que Neymar cobrou escanteio pela esquerda com maestria achando Paulinho como elemento surpresa. O volante a subiu no terceiro andar para deixar o Brasil novamente na frente.

Com a vantagem garantida, Felipão tirou Neymar e mandou Dante a campo. O Brasil segurou o placar até o apito final do árbitro. Festa no Mineirão. Seleção Brasileira na final da Copa das Confederações para delírio da torcida presente no Mineirão.  

A cobertura completa deste jogo você confere na edição desta quinta-feira do CRAQUE.

BRASIL 2 X 1 URUGUAI

BRASIL: Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar (Hernanes - 27'/2ºT); Hulk (Bernard - 18'/2ºT), Neymar (Dante - 45'/2ºT) e Fred. Técnico: Felipão.

URUGUAI: Muslera; M. Pereira, Godin, Lugano e Cáceres; A. Gonzalez (Gargano - 37'/2ªT), Arévalo e C. Rodriguez; Cavani, Forlán e Suaréz. Técnico: Oscar Tabaréz.


Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza (CHI) e Sergio Roman (CHI)
Público: 57483 presentes
Cartões amarelo: David Luiz, Luiz Gustavo, Marcelo (BRA); Cavani, A. Gonzalez (URU)
Gols: Fred, aos 41'/1ºT (1-0), Cavani, aos 3'/2ºT (1-1), e Paulinho, aos 41'/2ºT (2-1)

*Enviado especial a Belo Horizonte


*Confira galeria de imagens aqui

Publicidade
Publicidade