Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
Último treino

Brasil realiza último treino antes de pegar a Itália neste domingo (18)

A Seleção treinou no estádio Carlos Zamith. Ajustes e conversas deram a tônica da preparação na véspera da final



treino_brasil.jpg Muito treino e conversa antes da final (Foto: Aguilar Abecassis)
18/12/2016 às 01:10

Na tarde de sábado (17), Seleção Brasileira realizou, no estádio Carlos Zamith, Zona Leste de Manaus, o último treino na capital amazonense visando a final contra a Itália pela final da Copa Caixa de Seleções. As duas equipes decidem o título neste domingo (18), às 16h45 (de Manaus), na Arena da Amazônia. O Brasil joga pela vantagem do empate.

Independente de vantagens, a treinadora Emily Lima aproveitou para fazer ajustes em deficiências detectadas por ela no jogo de quarta-feira (14), contra a mesma Azurra. Treinamento de jogadas de bola parada e jogadas ensaiadas tomaram todo o treino, que durou cerca de 1h30. Ao final das atividades, porém, a treinadora não especificou que ajustes são esses.

“São ajustes que é uma coisa muito nossa. Ajustes que só nós sabemos e a Itália tem que ir atrás da modificação e ir atrás do básico que eles já sabem o que nos fizemos. Então nós tentamos criar algumas coisas além do que havíamos feito no jogo anterior e as bolas paradas também. Foram ajustes mesmo. Nada vai acontecer de um dia para o outro, então trabalhamos dentro do que nós fizemos”, explicou.

Além de ajustes,  o treino de sábado serviu para uma última conversa com as meninas da Seleção. Antes e depois ds atividades, jogadoras e comissão técnica se reuniram numa roda e passaram alguns minutos refletindo e conversando.

“A roda de início virou um hábito. A gente faz a nossa oração, agradece a Deus pelo dia. Pede que ele abençoe o nosso treinamento e no final porque é o nosso último treino, então no último treino a gente sempre deixa alguns recados para que elas retornem bem. Falamos um pouco do jogo, mas nada de mais. É mais orientações do preparador físico, minha, do preparador de goleiro para que elas tenham um pouco de juízo nas férias”.

Uma preocupação para a partida era a volante Formiga, que sofreu com pancadas das italianas. Porém a técnica do Brasil garantiu que a jogadora, que fará seu último jogo com a camisa canarinho contra a Itália, entrará em campo.

"Ela está bem. Desde quando conheço a Formiga, nunca a vi fora de jogo por conta de pancada. Ela é espetacular. É uma pena que ela tá deixado a Seleção", disse a treinadora que ainda está tentando convencer a jogadora de 38 anos a continuar jogando pelo Brasil. "Não sei (se ela foi convencida a continuar) a gente vai continuar tentando até uma próxima convocação e ela falar 'não vou', mas vamos deixar as coisas acontecerem naturalmente", concluiu.

 

 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.