Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019
Brasil x França

Brasil vence França e derruba tabu de 21 anos

Além de derrubar tabu de não vencer Seleção Francesa, o Brasil também quebrou um jejum de três anos e meio sem vencer um time internacional de peso



1.png Lucas marca nos acréscimos e completa placar em amistoso contra a França
10/06/2013 às 10:28

O Brasil encerrou um jejum de três anos e meio sem vencer uma seleção de peso ao derrotar a França com autoridade por 3 a 0, nesse domingo(09), em partida amistosa disputada na Arena Grêmio de Porto Alegre. Este foi o último teste dos comandados do técnico Luiz Felipe Scolari antes da estreia da Copa das Confederações contra o Japão, no próximo sábado, no estádio Nacional Mané Garrincha de Brasília.

Oscar abriu o placar aos 7 minutos do segundo tempo, Hernanes ampliou aos 40, cinco minutos depois de entrar em campo, e Lucas selou o resultado de pênalti nos acréscimos. Os três gols tiveram um sabor especial para os jogadores que balançaram as redes.



Oscar, que se sentia em casa em Porto Alegre por ter jogado no Internacional, chegou a ser vaiado por torcedores do Grêmio quando entrou no gramado, mas foi ovacionado depois de abrir o marcador. Já Hernanes deu a volta por cima após ficar muito tempo longe da seleção por ter sido expulso justamente contra a França, na derrota de 1 a 0 que o Brasil sofreu em Saint-Denis no último jogo entre as duas equipes. Lucas, que foi campeão francês com o Paris Saint-Germain, também comemorou muito o fato de fazer um gol diante da equipe do país onde vive há seis meses.

O Brasil não vencia uma seleção campeã mundial desde novembro de 2009, quando derrotou a Inglaterra por 1 a 0 em Doha, no Qatar. Os comandados do técnico Luiz Felipe Scolari também acabaram com outra escrita que vinha incomodando o torcedor: a seleção não derrotava a França desde 1992, quando os comandados do então técnico Carlos Alberto Parreira venceram por 2 a 0 no Parque dos Príncipes, com gols marcados por Raí e Luís Henrique.

Com o triunfo por 3 a 0, devolveu o placar da derrota traumatizante sofrida na final da Copa do mundo de 1998 para os 'Bleus' de Zidane. "O Brasil foi muito superior. Tentamos marcar forte no primeiro tempo, mas desabamos aos poucos. É duro perder assim por 3 a 0”, declarou o atacante francês Karim Benzema, que era dúvida para a partida por sentir dores no joelho.

 A única mudança de Felipão em relação ao empate em 2 a 2 com a Inglaterra do último domingo foi a escalação de Marcelo no lugar de Filipe Luís na lateral esquerda. Já a França jogou com um time bastante defensivo, com três volantes de marcação no meio de campo, Blaise Matuidi, Yohan Cabaye e o jovem Josuha Guilavogui, escalado como titular pela primeira vez pelo técnico Didier Deschamps.

Autores dos gols

Oscar foi vaiado pelos torcedores gremistas logo após colocar os pés no gramado da arena. Já Hernanes passou a semana prometendo rescrever a sua história diante dos franceses. E Lucas buscava o seu primeiro gol neste ano. No final, os três ex-são-paulinos deixaram Porto Alegre aliviados. "Foi ótimo. Vencemos uma grande seleção, não tomamos gols e ainda coloquei um ponto final numa marca feia do meu passado”, afirmou o volante Hernanes, autor do segundo gol da seleção.

Responsável por abrir o placar em Porto Alegre, Oscar recebeu uma sonora vaia dos torcedores gremistas ao ter o seu nome reproduzido pelo sistema de som da arena, mas preferiu não polemizar. "Eu sou daqui. Gosto de jogar em Porto Alegre. A reação da torcida foi boa”, disse o jogador, que comemorou o primeiro gol da seleção apontando para o gramado e dizendo “sou daqui”.

Lucas era um dos mais empolgados após a partida. “Foi um jogo muito especial. Enfrentei o meu segundo país. Além disso, fiz o gol”, contou o meia do Paris Saint-Germain, que recebeu a bola de Daniel Alves para bater o pênalti sofrido por Marcelo. "Foi muito espontâneo. Ele perguntou se eu estava confiante. Nem respondi. Peguei a bola e só pensei em fazer o gol e comemorar”, acrescentou.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.