Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Análise de Jogo

Caça Barca e Amigos da Betânia fazem duelo estudado na semifinal do Peladão

As duas equipes realizam campanha histórica na competição amazonense, e também farão jogo inédito neste domingo (10) na Arena da Amazônia



WhatsApp_Image_2019-02-06_at_14.38.22_261D6A0A-4A93-4A89-B20A-A857AAAD7FFD.jpeg Foto: Divulgação
08/02/2019 às 15:24

Mais vez um time da Betânia, localizada na Zona Sul de Manaus, está a um passo de chegar na final do maior campeonato de peladas do mundo. O amigos da Betânia E.C faz campanha histórica na competição por ter chegado as semifinais, mas o grupo quer ir além, e seguem a preparação para encarar o Caça Barca União e Fé na manhã de domingo (10), às 10h30 na Arena da Amazônia. 

“Primeiramente estamos dando todo apoio aos jogadores machucados para que possam estar bem pro jogo. Fizemos treino físico e jogadas trabalhadas, para que todos possam fazer uma bela partida”, comentou Rodrigo de Souza, vice-presidente do time da Betânia.

Buscar informações do adversário é um dos pontos principais para o Amigos da Betânia elaborar a estratégia da partida, e sair com a classificação. 

O vice-presidente da equipe comentou a sondagem de dados do Caça Barca. “Sobre nosso adversário já estudamos um pouco o time deles como jogam, como se comportam em campo, quem são os jogadores, e nós colhemos várias informações ao longo da semana”, disse Rodrigo de Souza, que acredita que chegar entre os quatro melhores da categoria principal do maior campeonato de peladas do mundo é um privilégio para poucos.

A campanha histórica do Amigos da Betânia E.C conta com o apoio da torcida, e o mérito de toda a jornada da equipe na competição é compartilhada principalmente com as fanáticas: Dinha, Adriany, Aline, Marcela e Geana.

“Temos um time competitivo, estamos invictos até o momento, e só levamos dois gols na competição toda. Somos o único time do bairro a chegar numa semifinal de Peladão. É um privilégio isso, e claro que o mérito não é somente nosso a torcida e muito importante pra campanha do time”, relatou Rodrigo.

Caça Barca União e Fé

Após conquistar o torneio paralelo das rainhas, a equipe representante do bairro da União, Zona Centro-Sul de Manaus, voltou com confiança na competição e agora está entre os quatro melhores do Peladão.

“O torneio paralelo nos serviu como um treino de luxo, porque foi uma saga, foram duelos de gigantes, a gente saiu desse paralelo pra chegar na semifinal bastante forte. Derrotamos equipes grandes. Então a gente veio muito forte do paralelo e com muita motivação”, comentou Ivo Prata, técnico e presidente do time.

Ivo Prata também disse que o entrosamento dos jogadores e o ataque goleador pode desequilibrar a partida a favor da equipe. “Nós temos hoje o melhor ataque da competição com 47 gols marcados, e o torneio serviu muito de aprendizado e a gente vem muito forte, e como candidatos ao título dessa competição”, explicou.

Sem conhecer o time adversário, o Caça Barca vai para a partida as cegas, mas em busca da classificação para chegar até a final inédita. “Nosso adversário a gente não conhece muito bem, e nós vamos nos preparar pra encarar uma grande equipe, vai ser mais um grande jogo. Pra gente não é mais uma surpresa enfrentar uma equipe forte, e vamos buscar chegar na final”, disse Ivo Prata.

Os trabalhos de preparação física são indispensáveis ao time peladeiro. E o Caça Barca União e Fé segue focado para chegar 100% no duelo. “Nós fizemos a parte física, pra fazer um trabalho regenerativo, pra parte muscular dos atletas, porque nós viemos de um jogo muito difícil, e tem um desgaste, e então foi feito esse trabalho pra gente ficar pronto pro jogo”, finalizou o técnico.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.