Publicidade
Esportes
Craque

Caixa Econômica Federal e uma montadora japonesa são os novos parceiros do Vasco

Pelo acordo, a nova parceira irá pagar em torno de R$ 20 milhões para estampar a sua logomarca na parte central e nas mangas da camisa do time 11/06/2013 às 13:26
Show 1
Presidente do Vascão vai ter um pouco mais de tranquilidade
acritica.com ---

O Vasco está muito próximo de tirar a corda do pescoço e pôr um fim em sua interminável crise financeira. Até o início de julho devem entrar nos cofres do clube cerca de R$ 28 milhões de patrocínio. O clube só espera as baixas de certidões negativas da Fazenda Nacional para anunciar a Caixa Econômica Federal como a nova patrocinadora master. Pelo acordo, a nova parceira irá pagar em torno de R$ 20 milhões para estampar a sua logomarca na parte central e nas mangas da camisa.

Os outros R$ 8 milhões vem da Nissan, montadora de automóveis, que irá expor a sua marca na parte superior das costas, acima dos números. No clube ninguém confirma oficialmente o acordo, mas a se julgar as palavras muito otimistas do técnico Paulo Autuori as boas novas não devem demorar a ser anunciadas.

“Nos próximos dias, mais tardar no início de julho, o Vasco pode anunciar coisas boas. Com certeza isso será muito importante para absorver os jogadores que estão chegando e os que vão chegar. O Vasco precisa ter orgulho de sua história e mostrar uma estrutura que está de acordo com ela”, afirmou o técnico, que deverá receber alguns reforços esta semana.

O meia colombiano Santiago Montoya, 21 anos, é esperado no Rio para resolver os últimos detalhes do seu contrato com o Vasco. O atacante Reginaldo também deve chegar esta semana. Já a negociação com o zagueiro Rafael Vaz foi fechada. O vice de futebol do clube cearense, Robinson de Castro, confirmou ontem à tarde que o Vasco fez o depósito de cerca de R$ 350 mil como sinal da negociação. Os jogadores ganharam dois de folga e só voltam a treinar amanhã no Cefan.

O próximo jogo do Vasco no Brasileiro é dia 7 de julho contra o Internacional, no estádio Centenário, em Caxias do Sul. Durante a pausa de quase 30 dias da Copa das Confederações, o time deverá fazer jogos-treinos e amistosos.

EM ALTA

Se depender do técnico Paulo Autuori, o jogador vai renovar o seu contrato com o clube, em julho. “É um jogador de muita qualidade e pode ajudar a fazer a diferença. Agora vai ser uma análise do clube”, disse.

Publicidade
Publicidade