Publicidade
Esportes
OTIMISTA

Emprestado ao Macaé-RJ, goleiro Jonathan celebra ano e acredita em acesso

Um dos destaques do Manaus FC no inédito título de campeão amazonense desta temporada, goleiro Jonathan vai defender o Macaé, do Rio de Janeiro, por empréstimo, até o fim do ano 05/07/2017 às 00:48
Show jonathan
Após começo de carreira meteórico, Jonathan demorou a se firmar no futebol amazonense. Em 2017 vive sua melhor fase, conquistando títulos e confiança. (Foto: Antônio Lima)
Valter Cardoso Manaus

A temporada 2017 parece ser o ano de Jonathan. Após a conquista do título de campeão amazonense e faturar, de quebra, vaga na seleção da competição como melhor goleiro, o jogador dá mais um passo na carreira.

Nesta terça-feira (04), o Manaus FC anunciou o empréstimo de Jonathan para o Macaé, que disputa a Série C do Campeonato Brasileiro. O goleiro já se apresentou ao time e treinou com os novos companheiros. “O primeiro contato com o grupo foi o melhor possível. Fui bem recebido por todos, não senti nenhum tipo de discriminação por estar chegando agora. O time aqui parece, pela primeira impressão, ser unido, um dando moral para o outro e isso é importante para um clube que quer chegar em algum lugar”, explicou o recém-chegado.

Com 25 anos, o amazonense, natural de Alvarães (mais de 500 km de Manaus), celebra a  nova chance como um prêmio para a boa fase que vive. “Essa experiência é uma das melhores possíveis pra esse segundo semestre. Essa é uma oportunidade enorme para dar sequência na minha carreira, se Deus quiser, esse só será o primeiro passo para o meu crescimento profissional”, destacou.

O goleiro foi um dos grandes destaques do Manaus na reta final do Barezão, com atuações seguras nas partidas decisivas.  Em boa fase, teve o contrato renovado com o Manaus FC até dezembro de 2018 e foi cedido, por empréstimo, retornando ao Gavião após a passagem pelo time carioca. A idéia de Jonathan, agora, é coroar o ano com mais um título e o acesso para a Série B com o Macaé.

“Pelas circunstâncias seria sim (o ano perfeito). Não só o acesso, mas quem sabe o título. Nada é impossível quando se crê em Deus e no nosso potencial”, finalizou.  Após oito rodadas da Série C, a equipe ocupa a sexta colocação na tabela, com 10 pontos.

Publicidade
Publicidade