Publicidade
Esportes
Craque

Campeonato Amazonense: Atacante do Iranduba pode virar dirigente em breve

“Daqui a dois ou três anos, depois de parar de jogar, eu penso em trabalhar nessa área. Ou como dirigente ou como técnico que nem o meu pai”, disse Ernandes 25/02/2015 às 09:37
Show 1
Ernandes, atacante do Iranduba, fala sobre o futuro
Jornal A Crítica Manaus

Ernandes está de volta ao futebol amazonense. O bicampeão do Barezão de 2001 e 2004 com as equipes do Rio Negro e São Raimundo, respectivamente, retornou ao Estado para vestir a camisa do Iranduba da Amazônia.

O atacante estreou no Estadual no banco de reservas do Hulk e entrou no decorrer da derrota de sua equipe para o Fast Club, no jogo de abertura do Barezão 2015. O jogador de 33 anos, diz que aceitou atuar no time da região metropolitana de Manaus depois de ficar a par do projeto do clube.

“Eu pedi ao Aldenir (Kniphoff, diretor de futebol) que falasse quem o clube estava contratando pra saber se eu viria pra cá brigar pelo título”, disse. E ele já pensa em parar de jogar. “Daqui a dois ou três anos, depois de parar de jogar, eu penso em trabalhar nessa área. Ou como dirigente ou como técnico que nem o meu pai”, disse o atacante.

Negócio
Ernandes não quis revelar o nome do clube, mas confessou que em setembro do ano passado quase fecha acordo com outro clube amazonense. “Estava tudo certo, mas dias antes da assinatura do contrato o negócio brecou”, afirmou. O atacante, que já atuou nos ingleses Portsmouth e West Ham, além de passar por Mianmar, Síria e Kwait, estava no Estrela do Norte, do Espírito Santo.

Carioca de nascimento, o atleta sempre esteve envolvido com o futebol por conta do pai, Mirandinha, que foi o primeiro brasileiro a atuar na Liga Inglesa de Futebol, com a camisa do Newcastle. “Sempre convivi com o futebol. Fui campeão aqui com o meu pai e rodei muito. Adquiri certa experiência no universo do futebol e não será difícil trabalhar no meio”, explicou.

Ernandes é uma das opções do treinador Frederico Braz para a partida contra o Rio Negro, pela segunda rodada do Campeonato Amazonense, no próximo domingo, às 16h, no estádio Ismael Benigno, a Colina.

Publicidade
Publicidade