Publicidade
Esportes
TRIATHLON INFANTIL

Campeonato Brasileiro de Triathlon Infantil contará com jovens triatletas amazonenses

O campeonato vai acontecer domingo (9) em Palmas - Tocantins. Para jovens de 15 e 16 anos, a competição servirá como seletiva para os Jogos Sul-americanos da Juventude 07/07/2017 às 05:00 - Atualizado em 07/07/2017 às 16:12
Show whatsapp image 2017 07 06 at 15.27.15
Luma Freitas e Rainer Lopes começaram a alguns meses a fazer triathlon, e agora estão indo para o primeiro campeonato deles fora do Estado. (Foto: Walter Netto/divulgação)
Jéssica Santos Manaus (AM)

Novos talentos do triathlon amazonense estão surgindo. Fernanda Sasai, 11, Luma Freitas, 14, e Rainer Lopes, 15, estão com tudo pronto para representarem o Amazonas na 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Triathlon Infantil e Infanto Juvenil (para atletas com idades entre 8 a 16 anos), que será realizada no dia 9 de julho, em Palmas – Tocantins.

No campeonato, Luma e Rainer vão realizar o percurso de 400 metros nadando, 10 km pedalando e 2,5 km correndo, enquanto Fernanda vai realizar um percurso menor, com 200 metros de natação, 5 km de ciclismo e 1,5 km de corrida. Para atletas com idades entre 15 e 16 anos, a competição servirá como seletiva para os Jogos Sul-americanos da Juventude, portanto, Rainer Lopes estará nessa disputa, e está entusiasmado.

 “Passei muito tempo treinando para a Copa Norte, pois queria me classificar para a Copa Brasil, e consegui, mas agora, já que tenho a oportunidade de entrar para a seleção brasileira em Tocantins, estou tentando me esforçar mais nos treinos para conseguir um bom resultado, apesar de saber que lá vou enfrentar atletas bem fortes mesmo”, ressalta Rainer.

Rainer treina com seu pai, Frank Lopes, triatleta e professor de educação física. Frank explica que os treinos que passa para Rainer e para seu outro filho, Saymon, são puxados. “A preparação deles acontece em dois períodos por dia. Nós saímos do bairro Santa Etelvina pedalando até a Ponta negra, daí fazemos a etapa de natação, e depois do treino no Rio Negro, voltamos pedalando para o Santa Etelvina, o que dá cerca de 40 km ida e volta. À tarde, eles vão para a escola, e à noite, fazem o treino de corrida na Vila olímpica e os mais longos no asfalto”, explica Frank.

Estreia poderosa

Outra atleta de Frank é Luma Freitas, 14, que começou a treinar há apenas três meses, e vai fazer sua estreia nas competições logo no Campeonato Brasileiro de triathlon. Apesar disso, a atleta não está intimidada e fala sobre seu objetivo.

Luma treina com Frank Lopes. Os dois filhos dele, Symas e Rainer Lopes, também fazem parte do time. (Foto: Walter Netto)

 “Eu pretendo ir para esse campeonato para sentir a adrenalina da prova, para ter uma primeira experiência. Acho que minha mãe vai comigo e ela está muito empolgada com essa competição, talvez até mais do que eu (risos)”, conta a atleta que começou a fazer triathlon por acaso.

“Uns amigos da minha mãe faziam e eu me interessei, achei bem legal. Confesso que eu não gosto muito de correr, mas comecei correndo e nadando, agora eu pedalo, e acabei gostando mesmo do esporte, de verdade”, disse Luma.

Pequena veterana


Fernanda já participou de vários campeonatos brasileiros de triathlon e aquathlon, e hoje se sente mais confiante. (Foto: EYSasai)

Fernanda Sasai, 11, é a mais nova entre os três que irão ao Brasileiro, mas a triatleta pode ser considerada veterana no esporte e nas competições. Ela começou a competir natação há mais de três anos e, de lá para cá, iniciou os treinos de corrida e ciclismo, e já esteve presente em diversas competições de Aquathlon em Manaus, e também no Brasileiro da modalidade em Aracaju e Brasília, e no Brasileiro de triathlon Infantil realizado em Caiobá, nos últimos dois anos.


Campeonato brasileiro Infantil de Caiobá, em 2015. (Foto: EYSasai)

“Na minha primeira prova eu não era muito experiente e também não estava muito preparada. Agora, como eu já participei de vários aquathlons e triathlons, eu estou mais acostumada e relaxada. Não estou nervosa, vou dar o meu melhor e tentar medalhar”, disse Fernanda.

A ‘Nanda’, como é carinhosamente chamada, vai ter excelente torcida em Tocantins, pois vai acompanhada de toda a família, incluindo sua mãe triatleta, Yuri Sasai. “A Nandinha vai viajar na sexta com o Sasai (pai) e a Carol (irmã), e eu farei o Sesc Triathlon em Manaus, e vou logo em seguida para lá também! O congresso técnico dela vai ser no sábado e a prova domingo, por isso, vai dar tempo”, afirma Yuri, que incentiva e está sempre ao lado da filha.


Fernanda recebeu o incentivo da mãe, Yuri, que é triatleta, para iniciar no esporte. (Foto: EYSasai)

 Este ano, ainda haverá a segunda etapa do Campeonato brasileiro de Triathlon Infantil e Infanto Juvenil, que será realizada em Caiobá, no Paraná, no dia 12 de novembro.

Publicidade
Publicidade