Publicidade
Esportes
A bola com Elas

Campeonato Brasileiro Feminino de Futebol: a ponte para a Seleção

O Brasileirão das Mulheres começa no sábado (11) e servirá como vitrine para a atletas que sonham em vestir a amarelinha. Ex-Iranduba, atacante Nathane se destacou em 2016 e foi convocada pela técnica Emily Lima 08/03/2017 às 16:08 - Atualizado em 08/03/2017 às 16:09
Show nat
Nathane brilhou com o Iranduba em 2016 marcando o primeiro gol de uma mulher na Arena da Amazônia (Foto: CBF)
ACritica.com* Manaus (AM)

O Campeonato Brasileiro Feminino sempre foi uma vitrine para os técnicos da Seleção Brasileira. Agora, é a vez de a treinadora Emily Lima acompanhar de perto os novos talentos da modalidade. Para a primeira Convocação de Observação, em fevereiro, a comandante da equipe nacional relacionou 26 meninas. Entre elas, muitas atletas que se destacaram na competição nacional em 2016.

A atacante Nathane é uma delas. No ano passado, a jogadora atuou pelo Iranduba e marcou o primeiro gol feminino da Arena da Amazônia, no confronto contra o Corinthians (2 a 2), válido pela Segunda Fase do Brasileiro. Na edição deste ano, a menina representará o atual campeão: o Flamengo.

– A gente está trabalhando forte, fazendo a pré-temporada para chegar bem nesse Brasileiro, com a mesma pegada do ano passado em que o Flamengo foi campeão. Estou de casa nova e tem muita gente apoiando. Acho que isso é importante – analisou a atacante.

Para este ano, a competição conta com algumas novidades. A principal delas é a divisão em duas Séries: A1 e A2, com 16 times em cada. 

*Com informações da assessoria

Publicidade
Publicidade