Publicidade
Esportes
Debutantes

Candidatas estreantes falam como foram convidadas para o Peladão Brahma

Das cinco musas, quatro estreiam no maior campeonato de peladas do mundo como rainha de seus clubes e estão entre as 100 mais belas do campeonato 16/10/2016 às 05:00 - Atualizado em 16/10/2016 às 14:51
Show rainhas4874
As candidatas posaram em um dos principais cartões postais de Manaus (Foto: Evandro Seixas)
Camila Leonel Manaus (AM)

A beleza das candidatas à Rainha do Peladão Brahma 2016 se juntou à paisagem de um dos cartões postais da capital amazonense: a Ponta Negra, Zona Oeste.

As cinco candidatas,  Edilani Carvalho; Jordana Oliveira; Luana Vilagelim; Jéssica Gemaque,  e Jéssica Freiras,  foram clicadas pelo fotógrafo Evandro Seixas.

Quatro das cinco musas desta  semana têm algo em comum: participam do concurso pela primeira vez e já conseguiram chegar entre as 100. E algumas delas chegaram ao concurso das mais diversas maneiras.

A candidata Jéssica Freitas, do time Atlético Ouro Verde, conta que foi descoberta no Arraial do Centro Social Urbano (CSU) do Parque 10, Zona Centro-Sul.

“O convite foi inesperado. Eu estava no arraial do CSU e o presidente do clube me viu de longe e disse ‘é essa daí’. Ele conversou comigo, com a minha mãe e eu aceitei participar”, disse a estudante de enfermagem.

Já a Jéssica Gemaque, rainha do time Criciúma Grande Vitória, recebeu o convite do namorado, um dos jogadores da equipe.

“O convite foi feito pelo meu namorado que joga no time e eles me convidaram porque não tinha nenhuma e me escolheram. Fiquei com o pé atrás, mas aceitei”, disse  Jéssica, que além de rainha do clube é uma das torcedoras mais fiéis do time e ainda diz que sempre comparece aos jogos para acompanhar o namorado.

Convite via ‘Zap’

Outra que também recebeu o convite através de amigos foi Jordana Oliveira, 19. A rainha do Sport Clube Laranjeiras contou que não levou muito a sério o convite, pois achou que era brincadeira dos amigos.

“Ele mandou uma mensagem (WhasApp) e perguntou se eu queria participar porque o time só podia entrar se tivesse rainha. Eu pensava que era bagunça dele   e mandei um monte de ‘kkk’ (risada) e ele falou que era sério, que não tinha rainha e estava convidando porque eu era do bairro mesmo e não queria pegar uma menina de longe. Falei com os meus pais e tô entrando por eles”, disse.

Nervosismo

As rainhas contaram que se sentiram nervosas durante as seletivas, mas conseguiram driblar a tensão para passar de fase. “Eu tento respirar fundo, concentrar e olhar para um pessoa”, disse Jéssica Gemaque.

A candidata Luana Vilagelim, porém, é uma exceção. Apesar de ser a primeira vez da rainha do Amigos do Rosaldinho, ela se sente à vontade. Disse que pensou em desistir, mas resolveu seguir em frente e acha que o jeito extrovertido é um diferencial. “Eu acho que e o meu jeito é diferente. Eu sou bem extrovertida. Eu pensei em desistir uma vez, mas eu já cheguei até aqui e deu vontade de continuar”, declarou a candidata.

A experiente entre as belas novatas

A exceção à regra é a rainha do Atlético Cidade Nova, Edilani Carvalho, 25, que participa pela segunda vez do concurso de Rainha do Peladão. A Primeira vez foi em 2014, quando ela chegou à fase da praia, que reúne as 25 rainhas mais bonitas.

Após a primeira experiência, ela conta que reservou o ano de 2015 para se preparar melhor e voltar com força total em 2016.

“Em 2015 não participei devido não me sentir preparada. Esse ano estou bem mais preparada com foco em relação ao reality. Estou bem focada para entrar no barco e estou com uma torcida. Então estou bem focada. Preparei meu corpo e me preparei psicologicamente”, disse.

O motivo para tanta preparação, segundo ela, é a concorrência que a cada ano fica mais acirrada.

“O Peladão é um reality para mulheres bonitas. Todas as que estão, são muito bonitas, então eu estou focada no corpo e na estética porque tem mulheres bonitas. Então eu procurei me cuidar bastante”, disse a candidata que aposta na sua simpatia para levar a coroa  este ano.

“Eu me considero uma pessoa muito carismática e acho que isso é um diferencial”.

Publicidade
Publicidade