Publicidade
Esportes
Craque

Cauteloso: Thiago Marin lembra do Fast, eliminado pelo Tubarão por dois gols de diferença

Meia do Nacional foi importante na vitória por 1 a 0 sobre o Princesa. Jogador fez um alerta e lembrou do Fast que venceu o primeiro jogo da semifinal por 1 a 0, mas foi eliminado no jogo da volta ao perder por 2 a 0 para o Tubarão 14/06/2015 às 19:36
Show 1
Thiago Marin entrou no segundo tempo e ajudou o Nacional a vencer duelo
Anderson Silva Manaus (AM)

O primeiro desafio da final do Barezão foi vencido pelo Leão da Vila, mas ainda restam os 90 minutos dos 180 do embate. O placar de 1 a 0 contribui para Nacional faturar o bicampeonato amazonense, novamente em cima do rival, mas os jogadores azulinos sabem da “periculosidade do Tubarão”, que sai do fundo do mar pronto para o ataque.

Importante peça no esquema do técnico Aderbal Lana na tarde do último sábado (13) na Arena da Amazônia, o meia Thiago Marin que entrou no início do segundo tempo no lugar de Fininho e mudou o panorama do jogo passando a “agredir” a defesa do Princesa, fez um alerta e lembrou do Fast Clube, eliminado pelo Tubarão ao ser derrotado por dois gols de diferença, após vencer por 1 a 0 o jogo de ida.

“Já tínhamos um pouco de vantagem, ampliamos mais um pouquinho a vantagem, mas não tem nada ganho. Do mesmo jeito que o Fast fez um a zero, no outro jogo eles (Princesa) fizeram dois a zero e se classificaram (para as finais) e no futebol tudo pode acontecer”, alertou o meia Thiago Marin.

O jogo da volta da final do Campeonato Amazonense, também, será realizado na Arena da Amazônia, no próximo sábado (20), às 15h.

Publicidade
Publicidade