Publicidade
Esportes
BOLA OVAL

Cavaliers bate Lions e vai à final do Norte no futebol americano

Com o resultado de 23 a 21, o Cavaliers enfrenta os Vingadores, do Pará, em Belém, em jogo marcado para o dia 3 de novembro. O campeão do norte, enfrenta o campeão do Centro-Oeste 21/10/2018 às 21:49 - Atualizado em 21/10/2018 às 22:33
Show fut e06abee2 a72b 46f1 84e4 a29e98b9c253
Cavaliers estão na final da conferência Norte no futebol americano (Foto: Mauro Net/Sejel)
Camila Leonel Manaus (AM)

Em um esporte que é jogado com as mãos, o chute certeiro do kicker Negreiros decretou a vitória do Manaus Cavaliers por 23 a 21, na tarde deste domingo (21). A partida válida pela semifinal da conferência norte foi marcada por muitas viradas e touchdowns.

Com o resultado, o Cavaliers enfrenta os Vingadores, do Pará, em Belém. O jogo acontece no dia 3 de novembro. O campeão do norte, enfrenta o campeão do Centro-Oeste.

O Manaus Cavaliers iniciou sua primeira campanha ofensiva na linha de 26 jardas. Primeiro o quarterback Dennis Prants conectou um passe para a linha de 38 do campo de ataque, mas o avanço foi maior ainda porque na jogada, a máscara do jogador do Cavaliers foi puxada (face mask).

Com isso, o Cavs ganhou mais 10 jardas passando a jogar na linha de 28. Aí, o Cavaliers investiu nas jogadas terrestre com Guido recebendo passe curto e correndo 17 jardas para a linha de 11. Perto da endzone, Prants lançou para Mondego, que de dentro da endzone, pegou a bola e anotou os primeiros seis pontos do Cavs.

Quando a bola esteve com o Lions, o time não conseguiu avançar de devolveu a bola e com a posse do Cavs, mais uma vez Guido apareceu, desta vez para correr 60 jardas até a linha de cinco. Na jogada seguinte, o time vermelho recuou 10 jardas por uma falta de ataque, mas isso não foi problema para Prants, que lançou para Henrique Com o ponto extra convertido, o Cavs abriu 13 a 0.

No segundo quarto, os Lions despertaram e na primeira campanha ofensiva marcaram um touchdown com jogada terrestre de Léo na linha de três jardas. Após diminuir o placar,a equipe optou por uma conversão de dois pontos anotada por Boy. Quando teve a bola, o Cavs não conseguiu avançar. Na tentativa de uma jogada longa, Sodré interceptou na linha de 20 e correu para o touchdown virando o jogo para os Lions.

Na volta do intervalo, o Cavaliers reagiu com o jogo terrestre principalmente com Guido quebrando tackles e avançando em campo e foi o camisa 24 que na linha de cinco jardas recebeu um passe oriundo da linha de 25 e correu para fazer 19 a 15, com o ponto extra a vantagem foi para 20 a 15.

No último quarto, porém o Lions virou a partida após avançar no campo. André na linha de cinco recebeu e fez 21 a 20, mas o time errou o ponto extra. A vantagem poderia ser aumentada se o retorno para o touchdown de Cadu tivesse sido validado, mas a arbitragem marcou falta na jogada. 

Com uma campanha decisiva, Guido correu mais uma vez para deixar o Cavs perto da endzone, na tentativa de jogada aérea, Mondego, que estava dentro da endzone, não segurou a bola. A solução foi tentar o field goal e o chute certeiro de Negreiros virou a partida para 23 a 21.

Quando parecia que o Lions teria uma nova chance para passar à frente do placar, Rillen interceptou uma bola do Lions e devolveu a posse para o time vermelho. Aí foi só esperar o tempo acabar para selar a classificação.

Publicidade
Publicidade