Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Craque

CBF reafirma Princesa na Copa Verde e clubes articulam reclamação junto à FAF

Equipes que ficaram de fora da Seletiva por conta do cancelamento da competição não gostaram da decisão. Reunião entre os “esquecidos” promete posicionar os times e cobrar uma atitude da Federação no caso



1.jpg Clubes pretendem ir à FAF por realização da Seletiva da Copa Verde.
04/11/2014 às 14:51

A novela envolvendo quem será o segundo representante do Amazonas na Copa Verde promete ter mais capítulos. No mais recente episódio, a Federação Amazonense de Futebol (FAF) afirmou que haveria a Seletiva para decidir quem ficaria com a segunda vaga na competição interestadual. No entanto, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) parece ter emitido o veredicto final e deu ao Princesa do Solimões a oportunidade na disputa. Clubes locais irão se reunir na tentativa de dar um final diferente a dramática história.

O drama todo começou quando a CBF, seguindo os critérios técnicos do campeonato Amazonense deste ano, elegeu o campeão e o vice do "Barezão" 2014 – no caso Nacional e Princesa, respectivamente -, como os representantes legais na Copa Verde 2015. Acontece que a FAF havia prometido que a segunda vaga no torneio seria decidida em uma competição envolvendo os sete clubes melhores colocados no estadual deste ano, excluindo o vencedor.

Tendo o Nacional como campeão estadual e, consequentemente, com a primeira vaga assegurada, São Raimundo, Manaus FC, Iranduba, Fast Club, Penarol, Borbense e Princesa do Solimões já se preparavam para a Seletiva que seria disputada em janeiro do ano que vem - isso até que a CBF mandar um ofício confirmando que a segunda vaga era do Tubarão de Manacapuru.

A notícia da CBF caiu como uma bomba nos planos das equipes locais. São Raimundo e Fast Club já haviam contratado atletas e estavam formando o elenco para disputar o torneio. Depois de alguns dias a FAF acenou com a possibilidade de fazer a CBF voltar atrás na decisão e chegou a confirmar que a Seletiva realmente aconteceria.

Um novo revés veio no último fim de semana, quando a CBF ratificou que o segundo representante do Amazonas na Copa Verde seria mesmo o Princesa do Solimões.

Reunião dos 'esquecidos'

Com o intuito de tentar obrigar a FAF a realizar a tão sonhada seletiva em janeiro, os representantes dos seis clubes que ficaram sem a disputa irão se reunir nesta terça-feira (4) em um hotel na Zona Centro-Sul da capital. Uma improvável mudança de decisão por parte da CBF será pedida junto à FAF.

Segundo as equipes que iriam disputar a Seletiva, havia um acordo entre Federação e clubes confirmando que a outra vaga na Copa Verde estava prevista para ser decidida entre os sete melhores do Amazonense, o que acabou não ocorrendo por decisão da entidade máxima do futebol brasileiro.

Capítulos à parte, o que parece não faltar nesta novela são mais episódios. Por um lado o Princesa está confiante e tranquilo com a situação, mas para os clubes que ficarão inativos durante o mês de janeiro, a não realização da Seletiva soa mais como uma tragédia grega.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.