Publicidade
Esportes
'Guerreiras Mani'

CDC Manicoré confirma participação no Barezão Feminino 2018

Conhecidas como as "Guerreiras Mani", time feminino do CDC Manicoré promete ser a força do interior na competição que já tem quatro equipes confirmadas 17/08/2018 às 15:25 - Atualizado em 17/08/2018 às 15:52
Show man eca32281 a78f 403b 8987 358c178973e0
Guerreiras Mani são destaque na Região do Madeira (Foto: divulgação)
Denir Simplício Manaus (AM)

O Barezão Feminino 2018 ainda nem tem datas definidas, mas já promete ser o mais disputado de todos os tempos. Nessa quinta-feira (16), os arquirrivais Iranduba e 3B da Amazônia confirmaram a participação no torneio e se juntaram ao Atlético Amazonense, primeiro clube a se inscrever na disputa.

No entanto, quem promete ser a sensação do campeonato deste ano é o CDC Manicoré e suas “Guerreiras Mani” (apelido do time feminino). O presidente do clube, Roberto Soares, 56, confirmou a primeira participação do time do interior do Estado na competição feminina e já mira o planejamento da equipe.

“Essa semana nós vamos sentar com nosso patrocinador maior, que é a Prefeitura (de Manicoré), pra decidirmos como fazer. Se vamos participar com um time caseiro, com as atletas da casa”, disse o dirigente não descartando a contratação de profissionais de fora. “Temos uma base boa em Manicoré, só que as meninas não têm experiência de competição nesse nível. Caso nosso patrocinador dê um sinal, vamos buscar peças pontuais, incluindo o treinador”, explicou Soares.

Sem poder disputar a Série B do Amazonense no masculino nesta temporada, a diretoria do Bacurau do Madeira não pensou duas vezes e terá as mulheres como representantes do município que fica distante 390 quilômetros de Manaus.

“Nossa intenção de colocar o feminino é pra manter o CDC na mídia. Houve uma empolgação na cidade, as meninas estão super alegres por isso, é um momento diferenciado e não vamos deixar isso passar”, comentou Roberto Soares.

Força da mulher interiorana

Treinando juntas há mais de seis anos, a equipe feminina do CDC Manicoré é formada somente por atletas do município. Sob o comando do técnico Adriano Trindade, 28, as Guerreiras Mani se destacam em competições na Região do Madeira.

Líder e volante da equipe, Emely Vaz, 25, não esconde a ansiedade pela estreia do CDC no Barezão Feminino.

“Saber que o CDC feminino irá participar do Campeonato Amazonense nos mostra que vale a pena sonhar. É um sonho que está sendo realizado. Todas nós estamos sendo privilegiadas e estamos muito felizes com a notícia. Tenho certeza que a torcida bacurau também estará feliz em saber que nosso município estará participado desse grande evento”, comentou a atleta.

Uma reunião marcada para o dia 30 deste mês na sede da Federação Amazonense de Futebol (FAF) definirá datas e forma de disputa da competição deste ano.

 

Publicidade
Publicidade