Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
1016846-df_03052016dsc_0924-.jpg
publicidade
publicidade

Fogo Olímpico

Chama dos Jogos desembarca no Brasil para início do Revezamento

Fogo Olímpico acendeu a Tocha que passará por mais de 300 cidades do País até a cerimônia de abertura da Rio 2016 no dia 5 de agosto


03/05/2016 às 10:39

A chama dos Jogos Olímpicos Rio 2016 desembarcou em Brasília na manhã desta terça-feira (3), com atraso de quase uma hora, para o início de um revezamento que passará por mais de 300 cidades de todo o país antes da cerimônia da abertura da Olimpíada, em 5 de agosto.

O avião que trouxe a chama da Suíça pousou às 7h25 na capital federal, com quase uma hora de atraso. O presidente do comitê organizador Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, foi o encarregado de descer do avião levando o fogo olímpico, que foi acesso na semana passada em cerimônia em Olímpia, na Grécia.

publicidade

Do aeroporto a chama seguiu para uma cerimônia de acendimento da tocha olímpica no Palácio do Planalto com presença da presidente Dilma Rousseff, que enfrenta processo de impeachment no Senado que pode resultar em seu afastamento do cargo antes do início da Olimpíada.

No primeiro dia de revezamento, a tocha passará por pontos da capital federal como a Catedral Metropolitana, o Memorial JK, Palácio do Itamaraty e Praça dos Três Poderes, e depois percorrerá o Brasil passando por mais de 300 cidades. A primeira carregadora da tocha no Brasil será a jogadora de vôlei Fabiana Claudino, bicampeã olímpica em Pequim 2008 e Londres 2012.

O revezamento da tocha será encerrado na cerimônia de abertura da Olimpíada, no Maracanã, em 5 de agosto.

publicidade
publicidade
Bolsonaro não vê motivos para greve dos caminhoneiros, diz porta-voz do governo
CCJ retoma nesta terça-feira análise do parecer da reforma da Previdência
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.