Publicidade
Esportes
Craque

Chamado histórico: jogador amazonense é convocado para defender a Seleção da Bulgária

O manacapuruense Marcelinho foi convocado nesta segunda-feira (7), pelo técnico Ivaylo Petev e, finalmente, vai poder defender a camisa da seleção da Bulgária. Revelado nos campos de futebol do bairro da Terra Preta o meia vivia a expectativa de defender os "Leões dos Balcãs" 07/03/2016 às 18:25
Show 1
Marcelinho é convocado para defender a seleção búlgara.
Denir Simplício Manaus (AM)

Foram quase cinco anos de espera, mas finalmente, o meia amazonense Marcelinho foi convocado para defender a Seleção Búlgara de futebol. O anúncio ocorreu nesta segunda-feira (7), quando o nome do jogador, nascido em Manacapuru (distante 68 quilômetros da capital), apareceu na lista do técnico Ivaylo Petev. O meia de 31 anos falou com exclusividade ao CRAQUE logo após o anúncio.

"Estou muito feliz. O que eu posso dizer agora eu estou muito feliz, grato à Deus por tudo o que Ele me proporcionou nesse País. Por ter me acolhido tão bem, pelo respeito e acredito que é o reconhecimento do meu trabalho nesses cinco anos que está pra completar aqui na Bulgária. É o fruto do meu trabalho nesse país. Pode ter certeza que vou dar o meu melhor pelo país nos jogos que disputar... é o que eu posso dizer no momento", declarou emocionado o jogador.

Marcelinho Nascimento da Costa começou a carreira como qualquer garoto que ama jogar futebol: os campos de pelada. O manacapuruense que cresceu no bairro da Terra Preta conseguiu o feito histórico de ser o primeiro amazonense a vestir a camisa de uma seleção principal desde o goleiro Amado Benigno, ainda no início do século passado.

A convocação de Marcelinho o coloca em um seletíssimo grupo de atletas que representaram países, como Gilmar Popoca, que foi o último amazonense a se destacar com a camisa canarinho, pela Seleção Brasileira olímpica, em 1984.

A partir de setembro, os "Leões dos Balcãs", apelido do time búlgaro, vão tentar uma vaga na Copa do Mundo da Rússia 2018. Marcelinho vai poder ajudar a Bulgária na dura tarefa em um grupo considerado difícil, que contém, Bielorrússia, Luxemburgo, França, Holanda e Suécia.

O nome de Marcelinho está no grupo de jogadores que disputará dois amistosos contra Portugal e Macedônia, nos dos 25 e 29 deste mês, respectivamente. Será a oportunidade de ver o amazonense encarar Cristiano Ronaldo mais uma vez. Vale lembrar que na Liga dos Campeões de 2014/2015, o meia amazonense fez até gol contra o poderoso Real Madri de CR7, Bale e Benzema.

Publicidade
Publicidade