Publicidade
Esportes
Craque

Chance de ouro: amazonense é convocado para Mundial e disputa vaga na Paralimpíada

O paratleta do levantamento de peso, Zé Ricardo, disputará etapa da Copa do Mundo de Halterofilismo, na Malásia. A luta do amazonense é por uma vaga nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 02/02/2016 às 12:30
Show 1
Zé Ricardo tentará vaga nos Jogos Paralímpicos do Rio em Mundial, na Malásia
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

O paratleta amazonense, José Ricardo Costa da Silva, foi convocado para a Copa do Mundo de Halterofilismo, que ocorre de 22 a 29 de fevereiro, na cidade de Kuala Lumpur, na Malásia. “Zé” (como é conhecido pelos amigos) integra o seleto time do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da Amazônia (CTARA), programa para atletas de ponta mantido pela Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Conquistar a pontuação que falta e se classificar para os Jogos Paralímpicos Rio 2016. Essa é a intenção do paratleta, que agora realiza uma bateria de exames para a competição. Estes pré-requisitos da confederação brasileira. “A medalha de ouro se vier será bem-vinda, mas meu foco é a classificação e a pontuação no ranking. Saio de que tenho que ir lá e levantar 185kg”, disse.

Zé Ricardo viaja no próximo dia 15 para integrar a seleção brasileira em São Paulo-SP. “Vou treinar lá (São Paulo), e fico até o dia 21 de fevereiro no Brasil, quando viajo à Malásia em busca do título”, explicou.

Para buscar o ouro, o paratleta tenta se recuperar de uma lesão que o atrapalhou no último torneio, no Rio de Janeiro-RJ, onde conquistou o bronze. “Estou em fase de recuperação da lesão do meu cotovelo. Já estou bem melhor, e, com dor, ou sem, eu tenho que superar. É hora da superação”, argumentou empolgado Zé.

Páreo duro

Na divisão mais pesada do esporte, até 107 Kg, o paratleta sabe que não será fácil esse mundial, por isso, intensificou os treinos e conta com a crença para conquistar o ouro.

“Essa copa será a mais difícil lá vai estar os melhores, e todos querem ir para os Jogos Paralímpicos e ela (medalha de ouro) lá é quase impossível, mas vamos ver, Jesus é brasileiro (risos)”, concluiu.

Última chance

A classificação para os Jogos Paralímpicos Rio 2016 obedece a critérios simples: no masculino, ganham vagas os oito primeiros de cada categoria que levantarem mais peso em etapas da Copa do Mundo. No feminino, entram as seis primeiras do ranking até a data limite de 29 de fevereiro.

Ainda restam duas etapas do Mundial e Zé Ricardo disputará justamente a última delas. A primeira acontece em Dubai, nos Emirados Árabes, de 15 a 19 de fevereiro. E a chance do atleta amazonense disputar a Rio 2016 será em Kuala Lumpur, na Malásia, de 24 a 28 de fevereiro.

Publicidade
Publicidade