Publicidade
Esportes
#VamosChape

Chapecoense bate Ituano e garante classificação inédita na Copinha

Time sub-20 da Chapecoense garantiu vaga nas quartas-de-final da Copa São Paulo; jovens talentos buscam vaga na luta pela reconstrução da equipe 14/01/2017 às 11:49
Show chape
Chapecoense vem passando pelos adversários e conquistando excelente campanha na competição (Foto: Divulgação / Ituano)
acritica.com* Manaus (AM)

A Chapecoense dá provas de que o sucesso vivido na última temporada não foi por acaso. Após perder praticamente toda a equipe profissional no trágico acidente aéreo na Colômbia, a equipe sub-20 vem dando show na Copa São Paulo.

Neste sábado, contra o Ituano, a equipe catarinense garantiu uma inédita classificação às quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os garotos mostram, a cada partida, que querem buscar uma vaga no time principal para lutar pela reconstrução da equipe. A prova disso foi dada hoje, diante do Ituano, com uma vitória heróica por 1 a 0, gol de Vini.

Classificada, a Chapecoense terá pela frente o vencedor de Paulista e São Carlos. O time de Jundiaí está com 100% de aproveitamento no torneio, enquanto seu adversário aparece como uma das gratas surpresas.

Chapecoense e Ituano fizeram um primeiro tempo muito equilibrado. Ambas as equipes se pouparam nos 45 minutos iniciais, tanto que a equipe da casa só foi chegar com perigo aos 22. Pedro Henrique recebeu de frente para o goleiro Tiepo, que fez uma defesa milagrosa para salvar a equipe catarinense.

A Chapecoense atuou de maneira mais compacta, esperando encaixar um contra-ataque para definir o jogo, enquanto que o Ituano arriscava mais. A equipe do interior paulista desperdiçou uma bela chance aos 39 minutos. Baralhas cruzou, a bola atravessou toda área e parou no pé de Bassani, que mandou rente à trave de Tiepo.

No segundo tempo, o time catarinense se soltou e chegou ao gol aos 23 minutos. Alemão recebeu de Alisson e colocou na cabeça de Vini, que cabeceou para o fundo das redes, abrindo o marcador. A resposta só veio aos 37 com Felipe Egídio, que girou em cima da zaga e mandou pela linha de fundo.

Se o time catarinense já se defendia, depois do gol foi um verdadeiro ataque contra a defesa. A Chapecoense tentava segurar a bola para deixar o tempo rolar, enquanto que o Ituano foi para cima, mas não conseguiu evitar a heróica classificação da 'Chape'.

*Com informações do site da FPF

Publicidade
Publicidade